quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Itália: Avô de 71 anos foi ordenado sacerdote diante de seus filhos e netos


Acompanhado pelo seu filho e seus três netos, Giuseppe Mangano, viúvo de 71 anos, foi ordenado sacerdote na Catedral de Bolonha (Itália).

Em declarações a TV2000, Pe. Mangano informou que "o Senhor chama muitas vezes. Eu sempre digo, brincando, que ‘o Senhor me chamava, me agarrava pelos cabelos, mas eu fugia’”, fazendo referência a sua juventude quando estudou algum tempo no seminário.

Visivelmente emocionado, o sacerdote recordou que sua esposa, “falecida há dez anos, me encorajou a seguir o diaconato, embora tenha morrido antes de eu ser diácono. Ela estava doente há muito tempo e, quando já estava morrendo, também me disse que eu podia ser sacerdote, então me submeti ao discernimento do Arcebispo”.

Então, Giuseppe Mangano procurou Dom Matteo Zuppi , Arcebispo de Bolonha, que aprovou a sua ordenação sacerdotal. "O meu diretor espiritual me disse há 30 anos que receberia os sete sacramentos", disse o sacerdote.

No domingo, 16 de setembro, o novo sacerdote celebrou a sua primeira Missa na paróquia de San Pietro in Casale, na qual agradeceu a um grupo de amigos da cidade de Corato, onde nasceu, por tê-lo acompanhado na sua ordenação.

Segundo indica TGCOM24, Pe. Mangano sonha com uma Missa na qual possam participar os seus netos: Francesca, com 15 anos, e os gêmeos Vasco e Giuseppe, com 10 anos. “Não será uma celebração eucarística como as outras. Estou emocionado só de imaginar”, disse o sacerdote.

Francesco Mangano, filho de Pe. Giuseppe e pai das três crianças, disse a TV2000 que o seu pai não é “uma pessoa que se aposenta ou fica em casa sem fazer nada”.

“Nunca foi assim, sempre teve algo para cultivar, em primeiro lugar a fé. Por isso, vejo bem que escolheu o caminho que segue agora, embora tenha certa idade”, destacou.
_________________
ACI Digital