quarta-feira, 29 de agosto de 2018

Sacerdote de 82 anos é esfaqueado nas costas em igreja de Campos


Um sacerdote de 82 anos, identificado como Pe. Élio da Silva Athayde, foi esfaqueado nas costas na manhã desta terça-feira, dentro de uma Igreja em Campos dos Goytacazes (RJ).

O fato aconteceu no Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, mais conhecido como Convento, no Parque do Rosário.

Segundo a Polícia Militar (PM), testemunhas contaram que o sujeito, um morador de rua que atuava como flanelinha perto de templo, teria atacado o padre após este se negar a lhe dar dinheiro.

O atacante foi detido e encaminhado para a 134ª Delegacia de Polícia, onde o caso foi registrado.

O padre foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado para o Hospital Ferreira Machado. A instituição médica informou que ele está “lúcido, aparentemente sem gravidade” e “ainda passa por exames”.

Em nota, a Diocese de Campos informou que Pe. Élio “teve o pulmão perfurado e será transferido” para um hospital particular.

Além disso, a Diocese afirmou que “lamenta o incidente envolvendo o Pe. Élio da Silva Athayde”, o qual “auxilia pastoralmente algumas paróquias de nossa diocese”.

“A Diocese está auxiliando a Congregação Redentorista na apuração dos fatos e colaborando com assistência”, acrescentou.

O caso logo repercutiu nas redes sociais, com pessoas lamentando o ocorrido e rezando pela recuperação do sacerdote.

“Jesus tenha compaixão dele e de todos nós. A violência só cresce na cidade...”, escreveu a internauta Patrícia Abud.

Por sua vez, a página de Facebook da Catedral do Santíssimo Salvador, de Campos, informou sobre o ocorrido com o sacerdote que presta seu auxilio também a este templo e pediu “orações pela recuperação do Padre Élio da Silva Athayde”.
____________________________
ACI Digital