sexta-feira, 31 de agosto de 2018

Bispos do Peru asseguram seu “pleno, fraterno e episcopal apoio" ao Papa Francisco


A Conferência Episcopal Peruana expressou seu "pleno, fraterno e episcopal apoio" ao Papa Francisco, em meio ao que consideram "tentativas de desestabilizar a Igreja e o seu ministério".

Em um comunicado divulgado em 29 de agosto, os bispos peruanos asseguraram ao Santo Padre a "nossa proximidade na certeza de que a promessa de Jesus sempre sustenta a rocha sobre a qual construiu a sua Igreja: 'Tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela'".

Em 25 de agosto, Dom Carlo Maria Viganò, ex-núncio nos Estados Unidos, publicou uma carta de 11 páginas assegurando que vários sacerdotes, bispos, cardeais e inclusive o Papa Francisco sabiam dos abusos do ex-cardeal Theodore McCarrick e agiram com negligência ou o encobriram.

No caso do Papa Francisco, Dom Viganò disse que, no início do seu pontificado, em 2013, retirou as sanções de McCarrick impostas supostamente pelo seu predecessor, o atual Papa Emérito Bento XVI. 

Em junho deste ano, o Secretário de Estado do Vaticano, o Cardeal Pietro Parolin, seguindo ordens do Papa Francisco, proibiu a McCarrick de exercer o ministério público, depois que uma investigação realizada pela Arquidiocese de Nova York descobriu que uma acusação de abuso sexual a um menor era "crível e comprovada".

Em sua mensagem, os bispos peruanos assinalaram: “Santidade, frente às tentativas de desestabilizar a Igreja e o seu ministério, proclamamos a nossa fé em Cristo Ressuscitado, que disse: ‘No mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo. Eu venci o mundo!’”.

"Testemunhamos o nosso pleno, fraterno e episcopal apoio a sua lúcida, corajosa e firme maneira de conduzir a barca de Cristo, como foi evidenciado até hoje em seus cinco anos fecundos de pontificado, e a sua recente ‘Carta ao Povo de Deus’, no último dia 20 de agosto", asseguraram.

Os bispos indicaram: "Temos a certeza de que Cristo Ressuscitado, que nos mostra o perene rosto jovem da Igreja, continuará nos impulsionando para que, sem medo e cheios de esperança, continuemos trabalhando com mais energia a serviço do povo de Deus".

"Renovando a nossa gratidão por ter nos visitado recentemente no Peru, imploramos humildemente que nos conceda a sua bênção apostólica", concluíram.
_____________________________
CNBB NE3