sábado, 23 de junho de 2018

Descubra como ocorre a concepção


A concepção é um momento mágico na vida da mulher. A partir dela, ocorre a gravidez e sua vida mudará completamente.

A partir da menstruação, pela ação de hormônios produzidos pela glândula hipófise, milhares de folículos começam a amadurecer no ovário.

Por volta do 14° dia do início de um ciclo menstrual normal – de 28 dias. Apenas um óvulo maduro é liberado de um dos ovários, pronto para ser fecundado. Ele é, então, captado pela trompa de Falópio e, dentro dela, sobreviverá, em média, 24 horas.

A partir daí, o óvulo pode ter dois destinos: se degenera, sendo liberado pelo ovário, caso não ocorra a fecundação. Ou, com a ajuda de milhões de cílios contidos na trompa de Falópio, ser impulsionado para que se encontre com o espermatozoide, resultando na fecundação.

Primeiro momento da concepção: a fecundação

Enquanto isso, no organismo do homem, durante a ejaculação, são expelidos, aproximadamente, de 200  a 500 milhões de espermatozoides, que correm em direção ao óvulo.

Uma corrida cheia de dificuldades, em que apenas um vai conseguir penetrar no núcleo do óvulo. A maior parte dos espermatozoides se perde ou torna-se imóvel pelo caminho. Caso não haja um óvulo liberado pelo organismo da mulher, eles sobrevivem cerca de 48 horas, podendo chegar até 72 horas.

Durante essa jornada, os espermatozoides vão percorrer um longo caminho: cerca de 20 centímetros (essa é a distância entre o canal vaginal e a trompa). Alguns se perdem, enquanto os mais velozes agitam suas caldas em direção ao seu objetivo.

Os sobreviventes iniciam, então, mais uma etapa: a penetração. Eles tentam se infiltrar através de uma forte membrana protetora do óvulo. Finalmente, vencem a barreira de proteção e apenas um deles se infiltra no óvulo, que se fecha, impossibilitando a entrada de outros. Essa é uma misteriosa reação do organismo que faz com que apenas um espermatozoide seja selecionado pelo óvulo.

A cabeça do espermatozoide penetra no óvulo que, em seguida, perde sua cauda. Enfim, ambos se unem e começam a formar uma nova vida. Toda essa aventura microscópica é responsável pela formação de um novo ser. Este que levará consigo as características genéticas do pai e da mãe. Desde os momentos iniciais da concepção. Cerca de vinte horas após a junção do óvulo com o espermatozoide, acontece a primeira divisão das células.

A implantação – ou nidação

A partir daí, dá-se início às 38 semanas de transformações e do desenvolvimento fetal. É o milagre da vida, da criação de um novo ser humano.

Para entender melhor, a mulher concebe o bebê no momento em que ela ovula. Isso acontece, em média, no décimo quarto dia do ciclo menstrual.

Ao contrário do que muitos pensam, a concepção acontece fora do útero. Na região localizada na ponta da Trompa. Local onde o óvulo se funde ao espermatozoide.

A partir daí, o ovo vai viajar até chegar dentro da cavidade do útero. Essa jornada leva por volta de uma semana, quando ele se implanta no útero.
__________________________________
Casa e Ambiente Bebê e Gestante