Adsense Teste

quinta-feira, 14 de abril de 2016

Agência confirma existência de ameaça de terrorismo ao Brasil.

 
A Agência Brasileira de Inteligência (Abin) confirmou nesta quinta-feira a existência de uma ameaça de terrorismo ao país. “Brasil, vocês são nosso próximo alvo. Podemos atacar esse país de merda” – foi a mensagem postada, em novembro do ano passado, em um perfil do Twitter, que tinha como dono Maxime Hauchard, de 22 anos. A Abin informou que o perfil pertence ao terrorista francês, integrante do Estado Islâmico (EI).

Segundo a agência, o diretor do Departamento de Contraterrorismo (DCT), Luiz Alberto Sallaberry, participou na quarta-feira (13 de abril) da Feira Internacional de Segurança Pública e Corporativa (LAAD Security, no Rio de Janeiro (RJ). Em sua apresentação sobre ameaças terroristas aos Jogos Olímpicos Rio 2016, ele contou que a Abin já havia confirmado, em novembro de 2015, a autenticidade do perfil do Twitter em que Maxime Hauchard, afirmava que o Brasil seria o próximo alvo.

O diretor também informou que a probabilidade de o país ser alvo de ataques terroristas foi elevada nos últimos meses, devido aos recentes eventos ocorridos em outros países e ao aumento do número de adesões de brasileiros à ideologia do Estado Islâmico.

Sallaberry ainda listou ações executadas pela Abin para evitar possíveis ataques, como intercâmbio de informações com serviços estrangeiros, capacitação de profissionais de setores estratégicos e trabalhos com órgãos integrantes do Sistema Brasileiro de Inteligência (Sisbin), em especial com os eixos de Segurança Pública e Defesa.

Sociedade Islâmica do Maranhão:
o instrumento de propaganda jihadista no Brasil

Quantos nos acusaram de lutar contra moinhos de ventos? Mesmo com as evidências que já postamos a rodo na categoria De Olho no Brasil, temos sido apontados como alarmistas. Pois bem, podemos pecar por alarmismo, mas não seremos acusados de omissão.

Há um site, o Sociedade Islâmica do Maranhão, que de vez em quando chamava atenção por seu discurso "radical" (aspas, pois o que o ocidente chama de radical chamamos de puro Islã). Esse site tinha a política de divulgar a doutrina islâmica e de vez em quando postar algo relacionado ao jihad, foi nele que apareceu a ideia do Partido Islâmico Brasileiro e surgiu a Resistência Islâmica do Brasil, denunciamos várias coisas, como a reprodução de comunicados da Al-Qaeda, sua simpatia pelo Al-Shabab ou a transformação da bandeira brasileira em um pendão jihadista.  Ou seja, é um velho conhecido apoiador do Jihad, no entanto, isso era feito de uma maneira até velada, esses artigos eram incluídos no meio de gigantescos posts sobre doutrina islâmica e só chamava atenção de quem procurava por isso. Mas, agora, a Sociedade Islâmica do Maranhão se revelou de vez e se tornou um site de propaganda do Estado Islâmico no Brasil.

Quem é a Sociedade Islâmica do Maranhão e seu responsável? Bem essa investigação já foi feita minuciosamente pelo Rafik, portanto deixo o link aqui: Al Qaeda no Brasil.

Precisamos lembrar que a cada vez o discurso islâmico terrorista cresce no país, um exemplo é o muçulmano que defendeu as decapitações do ISIS em uma mesquita no Rio de Janeiro, isso em um cenário onde o Brasil é um dos países que mais recebe refugiados sírios no mundo. É claro que as vítimas das perseguições dos islâmicos precisam ser acolhidas, mas diante de um governo aliado histórico de grupos no mínimo suspeitos, isso é preocupante, basta lembrar que terroristas têm entrado na Europa sob o disfarce de refugiados.

É interessante que nunca se falou tanto em crimes cibernéticos no país como nos últimos anos, o governo criou até o Humaniza Redes para isso, mas ao que parece, essa luta só vale contra os que falam contra o PT e aliados, pois esses jihadistas estão deitando e rolando. A questão é: Onde está a PF que não olha para essa ameaça aberta, essa propaganda jihadista da Sociedade Islâmica do Maranhão? Eu fiz uma denúncia há um bom tempo atrás e nunca fui respondido. Será que a Abin está agindo?

Nos resta ficar com os olhos bem abertos e denunciar o máximo que pudermos. Fiquem de olho, pois os sequazes do ISIS também estão por aqui. Denunciem, compartilhem ao máximo para que nós brasileiros não sejamos pegues desprevenidos.
_________________________________________
O Imparcial / De Olho na Jihad