Adsense Teste

sábado, 5 de março de 2016

Bispo Militar da Austrália é declarado inocente de acusações de abusos sexuais


A Corte do Distrito da Austrália Ocidental recentemente declarou inocente Dom Max Leroy Davis, Bispo Militar da Austrália, frente às acusações de abusos sexuais contra menores atribuídas a ele.

Dom Davis enfrentava as denúncias desde junho de 2014. Foi acusado pela polícia local por ter abusado de um menor de 13 anos na escola St. Benedict em 1969, dois anos antes de ser ordenado sacerdote. Outras acusações vinculavam-no com incidentes ocorridos na mesma escola até 1972.

O processo judicial foi realizado entre os dias 8 e 15 de fevereiro de 2016.

A Diocese Católica das Forças de Defesa Australianas (o exército do país) confirmou por meio de um comunicado difundido no dia 15 de fevereiro que “o Bispo Max David, da Diocese Católica das Forças de Defesa Australianas, foi declarado inocente de todas as acusações”.

Desde que surgiram as acusações, o prelado australiano defendeu sua inocência e, inclusive, durante o julgamento, revelaram que o Bispo havia denunciado ante as autoridades da escola um religioso – hoje falecido –, depois de receber distintas acusações feitas pelos estudantes. 

A Diocese Militar explicou em seu comunicado que Dom Davis “se afastou da sua missão como Bispo” desde o dia 30 de junho de 2014. “Agora, precisará de um certo tempo para decidir se voltará ao ministério público”, acrescentou.

A diocese exortou também a “qualquer vítima de abuso cometido por membros do clero ou funcionários da Igreja Católica, ou qualquer outra agência ou pessoa, a denunciá-lo a polícia e procurar assistência através dos serviços legais e de apoio dedicados a este caso”.
________________________________________

ACI Digital