quarta-feira, 21 de junho de 2017

RS: Bispo da Diocese de Novo Hamburgo esclarece padres sobre atuação dos Arautos do Evangelho


DIOCESE DE NOVO HAMBURGO
ESCLARECIMENTO AOS NOSSOS PADRES

A Diocese de Novo Hamburgo, através de Seu Bispo, Dom Zeno Hastenteufel, e atendendo o pedido de inúmeros leigos e leigas que foram lesados pelos “Arautos do Evangelho” (Associação Internacional de Fiéis de Direito Pontifício) com Sede em São Paulo, SP, em suas visitas não autorizadas a casas e condomínios dos fiéis pertencentes a esta Diocese, com “campanhas” não esclarecidas, faz saber que:

-Em nenhum momento houve a concessão de licença para visitas ou para angariar qualquer tipo de fundos para seminários ou outras obras dos Arautos do Evangelho.

-Após uma rápida visita de seus membros aos Bispos locais, com a cordial visita e entrega de algum presente, fez com que de maneira ardilosa utilizam o nome do Bispo local, sem a sua permissão, para seus empreendimentos, fez com que houvesse um desvio de recursos, prejudicando a Igreja local de suas necessidades;

-Não obstante, se faz necessário constatar, que mesmo a chamada promoção vocacional com os jovens dessa Diocese, em nenhuma ocasião foi informada ao Bispo local, fazendo com que as vocações fossem desviadas para seus centros de formação; 

-Os acontecimentos recentes junto de nossas famílias, nas mais variadas Paróquias da Diocese, bem como em outras Dioceses do Estado do RS, desde o início deste ano de 2017 e em anos anteriores, nos faz constatar e afirmar que o problema suscitado não é apenas de caráter eclesial, religioso e de fé; é um assunto público, que afeta diretamente os movimentos, grupos e pastorais paroquiais e aqueles que as integram e as diversas estruturas eclesiais. 

Sendo assim, viemos a público manifestar nossa desaprovação com a atuação dos Arautos do Evangelho, que prejudicam a Comunhão Eclesial, e o bom relacionamento que sempre houve com as diversas manifestações eclesiais existentes em nossas Dioceses. 

E, portanto, alertamos aos nossos fiéis que estejam atentos a atuação dos Arautos do Evangelho. E se por acaso, algum fiel sentir-se lesado em qualquer coisa, seja nos seus bens materiais ou espirituais, poderá recorrer diante da autoridade eclesiástica, bem como da autoridade civil, se assim for necessário.



Dom Zeno Hastenteufel

Nenhum comentário:

Postar um comentário