Adsense Teste

quarta-feira, 21 de junho de 2017

RS: Bispo da Diocese de Novo Hamburgo esclarece padres sobre atuação dos Arautos do Evangelho


DIOCESE DE NOVO HAMBURGO
ESCLARECIMENTO AOS NOSSOS PADRES

A Diocese de Novo Hamburgo, através de Seu Bispo, Dom Zeno Hastenteufel, e atendendo o pedido de inúmeros leigos e leigas que foram lesados pelos “Arautos do Evangelho” (Associação Internacional de Fiéis de Direito Pontifício) com Sede em São Paulo, SP, em suas visitas não autorizadas a casas e condomínios dos fiéis pertencentes a esta Diocese, com “campanhas” não esclarecidas, faz saber que:

-Em nenhum momento houve a concessão de licença para visitas ou para angariar qualquer tipo de fundos para seminários ou outras obras dos Arautos do Evangelho.

-Após uma rápida visita de seus membros aos Bispos locais, com a cordial visita e entrega de algum presente, fez com que de maneira ardilosa utilizam o nome do Bispo local, sem a sua permissão, para seus empreendimentos, fez com que houvesse um desvio de recursos, prejudicando a Igreja local de suas necessidades;

-Não obstante, se faz necessário constatar, que mesmo a chamada promoção vocacional com os jovens dessa Diocese, em nenhuma ocasião foi informada ao Bispo local, fazendo com que as vocações fossem desviadas para seus centros de formação; 

-Os acontecimentos recentes junto de nossas famílias, nas mais variadas Paróquias da Diocese, bem como em outras Dioceses do Estado do RS, desde o início deste ano de 2017 e em anos anteriores, nos faz constatar e afirmar que o problema suscitado não é apenas de caráter eclesial, religioso e de fé; é um assunto público, que afeta diretamente os movimentos, grupos e pastorais paroquiais e aqueles que as integram e as diversas estruturas eclesiais. 

Sendo assim, viemos a público manifestar nossa desaprovação com a atuação dos Arautos do Evangelho, que prejudicam a Comunhão Eclesial, e o bom relacionamento que sempre houve com as diversas manifestações eclesiais existentes em nossas Dioceses. 

E, portanto, alertamos aos nossos fiéis que estejam atentos a atuação dos Arautos do Evangelho. E se por acaso, algum fiel sentir-se lesado em qualquer coisa, seja nos seus bens materiais ou espirituais, poderá recorrer diante da autoridade eclesiástica, bem como da autoridade civil, se assim for necessário.



Dom Zeno Hastenteufel