Adsense Teste

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Francisco aos funcionários da ONU: “Sejam como uma família unida que trabalha pela humanidade”


DISCURSO
Viagem do Papa Francisco aos Estados Unidos
Saudação aos funcionários da ONU
Sexta-feira, 25 de setembro de 2015


Queridos amigos, Bom dia!

Por ocasião da minha visita às Nações Unidas, tenho a alegria de vos saudar a vós, homens e mulheres que sois de muitas maneiras a espinha dorsal desta Organização. Agradeço-vos as boas-vindas e estou grato por tudo o que fizestes para preparar a minha visita. Quereria pedir-vos ainda para transmitirdes as minhas saudações aos membros das vossas famílias e aos colegas que hoje não puderam estar conosco.

A maior parte do trabalho realizado aqui não é do tipo que chame a atenção. Nos bastidores, o vosso compromisso diário torna possível muitas das iniciativas diplomáticas, culturais, econômicas e políticas das Nações Unidas, que são tão importantes para satisfazer as esperanças e expectativas dos povos que compõem a família humana. Sois peritos e obreiros no campo de intervenção, funcionários e secretários, tradutores e intérpretes, pessoal da limpeza e cozinheiros, pessoal da manutenção e da segurança. Obrigado por tudo o que fazeis!

O vosso trabalho silencioso e fiel contribui não só para o melhoramento das Nações Unidas, mas tem também um grande significado para vós, pessoalmente, já que o modo como trabalhamos exprime a nossa dignidade e o tipo de pessoa que somos. 

Muitos de vós chegaram a esta cidade, vindos dos mais diversos países da terra. E, como tais, constituís um microcosmo dos povos que esta Organização representa e procura servir. Como muitas pessoas em todo o mundo, também vós estais preocupados com o bem-estar e a educação dos vossos filhos. Tendes a peito o futuro do planeta e o tipo de mundo que deixaremos às gerações futuras. Mas hoje, e todos os dias, quereria pedir a cada um de vós para, segundo as próprias capacidades, cuidar um do outro: sede solidários uns com os outros, respeitai-vos uns aos outros, de modo a encarnar em vós mesmos o ideal desta Organização, ou seja, uma família humana unida, que vive em harmonia, que trabalha não só pela paz, mas em paz; que age não só pela justiça, mas num espírito de justiça.

Queridos amigos, de todo o coração abençoo a cada um de vós. Rezarei por vós e pelas vossas famílias, e peço, por favor, a cada um de vós que se lembre de rezar por mim. E, se algum de vós não é crente, peço-lhe que me deseje o bem. Deus vos abençoe a todos.

Obrigado!
________________________________
Boletim da Santa Sé