quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Portugal: Aliança Evangélica manifesta "veemente repúdio" por práticas da IURD


A Aliança Evangélica Portuguesa acusa a IURD de não respeitar os valores e princípios da organização. 

Em reação à investigação da TVI "O Segredo dos Deuses", diz que " a serem verdade" os casos denunciados, as práticas daquela igreja merecem o seu "mais veemente repúdio".

Em comunicado, a Aliança Evangélica Portuguesa lembra que a Igreja Universal do Reino de Deus não é sua filiada e afirma que "dificilmente virá a sê-lo" devido à sua doutrina e práticas.

A organização, que reúne as igrejas evangélicas e pertence tanto à Aliança Europeia como mundial dos evangélicos, manifesta também "a mais profunda solidariedade com as vítimas" da IURD.

Confira o comunicado na íntegra: 


COMUNICADO EM RELAÇÃO ÀS NOTÍCIAS SOBRE A IURD


Aliança Evangélica Portuguesa é uma federação de igrejas Evangélicas herdeiras da Reforma Protestante do séc. XVI e dos movimentos que a desenvolveram nos séculos seguintes, filiada à Aliança Evangélica Europeia www.europeanea.org e à Aliança Evangélica Mundial www.worldea.org

A Igreja Universal do Reino de Deus não é filiada na Aliança Evangélica Portuguesa e dificilmente virá a sê-lo na medida em que a sua doutrina e a sua prática não respeitam os valores e os princípios da Aliança Evangélica.

A serem verdade as notícias que têm vindo a público, a Aliança Evangélica Portuguesa manifesta a mais profunda solidariedade para com as vítimas e o mais veemente repúdio por tais práticas.

Direção AEP,

15 de Dezembro de 2017
_______________
TVI/ AEP