Adsense Teste

domingo, 5 de março de 2017

Papa: "A Bíblia como o celular, sempre conosco para lermos as mensagens".


ANGELUS
Praça de São Pedro 
I Domingo de Quaresma, 05 de março de 2017


Queridos irmãos e irmãs, bom dia!

Neste primeiro domingo da Quaresma, o Evangelho nos leva no caminho rumo à Páscoa, mostrando que Jesus permanece por quarenta dias no deserto, sujeito às tentações do diabo (cf. Mt 4,1-11). Este incidente vem em um momento preciso na vida de Jesus depois de seu batismo no rio Jordão e antes do Ministério Público. Ele acaba de receber a investidura solene: o Espírito de Deus desceu sobre Ele, o Pai do céu declarou-o "o meu Filho amado" ( Mt 3,17). Jesus está agora pronto para começar a sua missão; e uma vez que tem um inimigo declarado, ou seja, Satanás, Ele lida com ele imediatamente, "corpo a corpo". O diabo faz apenas de alavanca sobre o título de "Filho de Deus" para remover Jesus no cumprimento de sua missão: "Se és o Filho de Deus ...", ele repete, e pretende fazer gestos milagrosos - de (v 3.6), fazer o "mágico" - como transformar pedras em pão para satisfazer sua fome, e saltar dos muros do templo para ser salvo por anjos. Para estas duas tentações, segue a terceira: adorar o diabo, para ter domínio sobre o mundo (cf. v. 9).

Significa essa tentação tripla, Satanás quer desviar Jesus do caminho da obediência e humilhação - porque ele sabe que, desta forma, o mal será derrotado - e levá-lo no falso atalho para o sucesso e a glória. Mas as setas venenosas do diabo são todas "paradas" por Jesus com o escudo da Palavra de Deus (vv. 4.7.10) que expressa a vontade do Pai. Jesus não diz nenhuma palavra possui: responde apenas com a Palavra de Deus e assim também o Filho, cheios do Espírito Santo, sai vitorioso do deserto.

Durante os quarenta dias da Quaresma, como cristãos, somos chamados a seguir os passos de Jesus e enfrentar a batalha espiritual contra o mal com o poder da Palavra de Deus. Não com a nossa palavra, você não precisa. A Palavra de Deus que tem o poder para derrotar Satanás. Para isto é preciso familiarizar-se com a Bíblia, lê-la muitas vezes, meditá-la, assimilá-la. A Bíblia contém a Palavra de Deus, que está sempre presente e eficaz. Alguém disse: o que aconteceria se tratássemos a Bíblia como nós tratamos o nosso celular? Se mais e levá-lo conosco, ou pelo menos o pequeno tamanho de bolso Evangelho, o que aconteceria?; se voltamos quando nós esquecê-lo: você esquecer o seu telemóvel - oh, não tem isso, volto a olhar para ele;! se os abriam várias vezes ao dia; Se você ler as mensagens de Deus contida na Bíblia como se lê as mensagens do telefone, o que aconteceria? É evidente que a comparação é paradoxal, mas decepcionante. Na verdade, se tivéssemos a Palavra de Deus sempre no meu coração, nenhuma tentação podia se afastar de Deus e nenhum obstáculo que pode desviar do caminho do bem; saberíamos para ganhar as sugestões diárias do mal que está em nós e ao nosso redor; que seria melhor capaz de viver uma vida ressuscitada no Espírito, aceitar e amar nossos irmãos, especialmente os mais vulneráveis ​​e necessitados, e até mesmo nossos inimigos.

A Virgem Maria, ícone perfeito da obediência a Deus e da confiança incondicional à sua vontade, manter-nos no nosso caminho quaresmal, para que nos colocamos na escuta dócil da Palavra de Deus para fazer uma verdadeira mudança de coração.

Depois do Angelus

Queridos irmãos e irmãs,

Dirijo uma cordial saudação às famílias, grupos religiosos, associações e todos os peregrinos que vieram de Itália e de diferentes países.

Saúdo os fiéis da diocese de Madrid, Córdoba e Varsóvia; como os de Belluno e Mestre. Saúdo os jovens da reitoria da Baggio (Milan) e os participantes no encontro promovido pelos professores religiosos Filippini.

Alguns dias atrás nós começamos a Quaresma, que é o caminho do Povo de Deus para a Páscoa, o caminho de conversão, de combate o mal com as armas da oração, do jejum e as obras de caridade. Desejo a todos o caminho quaresmal ser frutífero; e pedir uma recordação na oração para mim e para os colaboradores da Cúria Romana, esta noite vamos começar a semana de Exercícios Espirituais. Sinceros agradecimentos para esta oração que você vai fazer.

E, por favor, não se esqueça - não se esqueça! - O que aconteceria se tratássemos a Bíblia como tratamos o nosso celular. Pense sobre isso. A Bíblia sempre conosco, perto de nós!

Desejo-lhe bom domingo! Bom almoço! Adeus!
____________________________________________

Santa Sé