sexta-feira, 23 de novembro de 2018

BH: Mãe e filha são encontradas mortas com um terço nas mãos


A tempestade que atingiu Belo Horizonte, MG, na noite de 15 de novembro de 2018 deixou várias ruas e avenidas alagadas.  Quase a metade do volume de chuva esperado para todo o mês de novembro desabou em poucas horas na capital mineira. 

As enchentes fizeram, pelo menos, quatro mortes. Entre elas, Cristina Pereira Matos, de 40 anos, e a filha dela, Sofia Pereira, de 6. Elas foram encontradas mortas dentro do carro em que estavam. O veículo ficou coberto pela enxurrada.

O que mais chamou a atenção das equipes de resgate foi o fato de mãe e filha estarem abraçadas e com um terço nas mãos.

Este triste e forte episódio pode dizer muita coisa para nós, católicos. Isso mostra a força da fé e do amor – aqui, o amor de mãe, que transcende qualquer coisa pelo filho, como mostra o abraço, a proteção materna até o fim! 


Deste fato também podemos inferir que, em meio à tragédia e o desespero, mãe e filha não perderam a fé em Nossa Senhora, que, com toda certeza, agora as recebe em seu seio maternal no Reino dos Céus, pois, como a própria Virgem Maria nos disse, “O Santo Rosário é a corrente que nos liga ao Céu”. 

Que Maria possa amparar essas e todas as outras almas que chegam ao Céu, para que possam gozar das alegrias eternas. 
________________________
Aleteia