quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Argentina: Diocese de Mar del Plata rejeita grupo que usa a Virgem para oferecer medicina “alternativa”


A Diocese de Mar del Plata advertiu em um comunicado que a Fundação o Sorriso Curador de Maria, que atua na cidade de Quequén, “não pertence à Igreja Católica Apostólica Romana”.

Em um comunicado, responderam às consultas recebidas sobre esta fundação, cuja “utilização das imagens religiosas e do nome da Santíssima Virgem Maria, junto com tradições, práticas e propostas estranhas ao cristianismo foi motivo de confusão para os fiéis”.

Em sua conta de Facebook, a fundação usa uma imagem da Virgem Maria com capa. Em sua descrição, assinala ser uma organização não religiosa e de “serviço de saúde alternativa e holística” que busca “encontrar a origem das doenças, ou seu significado emocional, para tratá-las”.

Entretanto, afirma que foi “criada por um mandato divino de nossa Mãe do universo, Maria. Objetivo: ajudar na cura espiritual das pessoas, (sem intervir em seu plano divino), ajudando no despertar de consciência de cada ser através de distintas técnicas de cura que entregaremos e ditaremos de forma gratuita”.

Diante disso, a Diocese de Mar del Plata esclareceu no comunicado de 19 de janeiro que “no está vinculada sob nenhum aspecto à mesma e não mantém nenhuma relação com o Papa Francisco, com o bispo diocesano Dom Gabriel Mestre e não conta com o aval de nenhum sacerdote católico”.

Do mesmo modo, recordou que, sobre as práticas que esta fundação oferece, “é clara a opinião da Igreja Católica expressa em diversos documentos”, como as reflexões sobre a New Age (Nova Era) do Pontifício Conselho para a Cultura e o Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso (2003).
_____________________
ACI Digital