sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Jerusalém: Acendem árvores de Natal na terra onde Jesus Cristo nasceu


Como preparação para a celebração do nascimento de Jesus Cristo, os cristãos da Terra Santa participaram das festas da iluminação das árvores de Natal em Belém e em Jerusalém.

Segundo informou a Custódia da Terra em um comunicado, em Jerusalém a árvore foi acesa em 14 de dezembro ao lado da Porta Nova. Destacaram que “é uma tradição consolidada e uma celebração” não só para os cristãos, mas também “para os habitantes de outras religiões que vivem na Cidade Santa”.

Entretanto, este ano não haverá fogos de artifício nem o desfile dos scout “como sinal de protesto” ante a decisão do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de transferir a embaixada do seu país de Tel Aviv a Jerusalém. A resolução do presidente provocou confrontos entre palestinos e israelenses e a região vive um clima de tensão.

Na cidade palestina de Belém, onde Jesus nasceu há mais de dois mil anos, acenderam a árvore de Natal no dia 2 de dezembro na Praça do Presépio, localizada ao lado da Basílica da Natividade. A árvore foi abençoada pelo Custódio da Terra Santa, Pe. Francesco Patton.

É uma grande festa que inicia um momento muito importante. Durante o Advento, Belém se transforma. A atenção do mundo inteiro, pelo menos nas orações, a partir de agora, se dirigem a Belém. Para nós, esta é uma mensagem importante e é lindo ver Belém em festa”, expressou Vincenzo Bellomo, membro da Associação ‘Pro Terra Sancta’ (ATC) ao ‘Christian Media Center’.

Muitas vezes, o nome Belém evoca guerras, conflitos, problemas. Este é um momento de celebração e nós aproveitamos este tempo”, acrescentou.
________________________________________
ACI Digital