Adsense Teste

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Freira se diz favorável ao aborto e liberação das drogas


Ivone Gebara é freira  da Congregação das Irmãs de Nossa Senhora – Cônegas de Santo Agostinho. Atualmente reside em Camaragibe, na periferia de Recife. A religiosa é doutora e escritora e busca, segundo seu pensamento mudar a Igreja a partir de dentro. Gebara deu entrevista ao portal UOL recentemente reafirmando posições que vão na contramão do que ensina a Igreja como a questão do aborto, prática o Papa Francisco rechaça com frequência.

A religiosa milita em sua teologia para que a Bíblia não seja reconhecida como Palavra de Deus. "Defendemos [teólogas feministas]  que os textos bíblicos sejam vistos como produção literária de uma época com abertura à transcendência, e não como ‘palavra de Deus'”. Quando ao casamento entre pessoas do mesmo sexo, Gebara justifica pelo amor. “na minha opinião, para essas coisas, basta apenas o amor. Uma comunidade religiosa precisa incluir a diversidade em seus valores".

Na contramão do que orienta a Igreja, a freira Ivone Gebara faz eco aos discurso pró-aborto das feministas e grandes fundações que buscam legalizar esse crise em diversos países inclusive o Brasil. A religiosa se posta claramente contra o que tem ensinado Papa Francisco reiterada vezes quando fala que o aborto faz parte da cultura do descartável.

“A gente não pode controlar a vida das mulheres. Aborto não é uma escolha para se colocar em praça pública, é algo muito íntimo. Precisamos garantir o direito dessas mulheres de decidirem por suas vidas e corpos. Criminalizar o aborto é uma dominação do corpo das mulheres“.

“Acredito na liberação e na legalização das drogas, maconha entre elas”, defendeu a freira em dissonância com a opinião da maioria dos brasileiros, do cidadão comum, que de forma alguma aceita tal legalização.
_____________________________
Ancoradouro/ O Povo