Adsense Teste

terça-feira, 10 de outubro de 2017

O demônio é um cara carente


O mal existe, tem personalidade e gosta de nos incomodar com suas ofertas e seduções. No começo ele é simpático. É formoso. É agradável como aquele amigo de bar. O pecado até parece gostoso. Quando caímos ele muda a estratégia e a sedução se transforma em acusação. Ele tenta nos jogar cada vez mais para baixo.

Em tudo isso percebemos que satanás é uma criatura muito carente. Não consegue viver sem ser o assunto principal. Sobrevive de audiência. Ama ser causa de escândalos.

Hoje vivemos em um mundo em rede. Precisamos cuidar para não sermos instrumento dos diabos de plantão. Recebo diariamente dezenas de vezes a mesma imagem do peladão da performance sacrílega, do peladinho que chama pedofilia de liberdade artística, da exposição com obras de profanação religiosa. Tive que ver a imagem das hóstias profanadas umas 200 vezes. O demônio vibrava no inferno a cada clic dos santos ingênuos de plantão. 

Devemos denunciar o mal; acender as luzes espanta as trevas; proclamar a verdade combate o pai da mentira. Mas cuidado com os detalhes, as imagens, tudo. Sabemos que as notícias que detalham o modo como aquela pessoa se suicidou acorda o instinto suicida de mais pessoas. O Auto-proclamado Estado Islâmico reinava nos compartilhamentos da net. Quando a imprensa mundial percebeu parou de dar detalhes e eles perderam a força.

Pense várias vezes antes de encaminhar para alguém as obras do mal. Ele ama... é carente. Por isso, também eu vou parar por aqui e gastar mais tempo plantando trigo do que arrancando joio. Passeie aqui pela página e verá que é assim!!!



Pe. Joãozinho, scj