Adsense Teste

domingo, 3 de setembro de 2017

Menina comove ao escolher Virgem Aparecida como tema de aniversário


No ano do tricentenário do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida no rio Paraíba do Sul, uma festa de aniversário que teve como tema a padroeira do Brasil vem conquistando as redes e traz consigo uma história de gratidão à Virgem Maria.

A pequena Glória Maria (a Glorinha) completou 5 anos no dia 20 de julho e ela mesma escolheu o tema para a sua festa de aniversário, Nossa Senhora Aparecida.

A mãe de Glorinha, Elisandra Rauch, contou que “esse amor” por Nossa Senhora “brotou desde pequena” em sua filha. “E ano passado, ela decidiu: ‘Quero uma festa de Nossa Senhora Aparecida mamãe!’. E assim fizemos, na nossa simplicidade, fizemos com que Maria fosse honrada também na festa de seus 5 anos, pois a Glorinha só veio pelas mãos Dela”, declarou.

Elisandra sofria com problemas hormonais e ovário policístico. Devido à dificuldade para engravidar, pediu a intercessão da Virgem Maria.

“Se não fosse a intercessão de Nossa Senhora, esse presente não estava com a gente. Foi aos pés de Maria que eu pedi para ser mãe e eu pedia: ‘me manda a Glória Maria ou o Jonas Miguel’”, recordou, ressaltando acreditar que “para Deus nada é impossível”.


Elisandra contou que “o milagre passou pelas mãos de Maria”, pois “Ela também é mãe e me entendia”.

“Eu estava voltando de um encontro com os amigos da Canção Nova, do qual faço parte. Na volta paramos em Aparecida (SP)”, relembrou Elisandra, que mora em Caxias do Sul (RS). “Eu sabia... Pede à Mãe, que o Filho atende. Em lágrimas, aos pés de Maria, pedi a sua intercessão”.

Segundo ela, cerca “de uma mês de meio” depois, fez o exame e descobriu que “estava grávida de um lindo presente de Deus”, a Glorinha.

Por isso, a mãe da pequena Glória Maria sempre a consagrou à Nossa Senhora, “desde quando ela estava na barriga”.

E a devoção mariana passou de mãe para filha. “Amo Nossa Senhora e esse amor, aqui em casa, todos têm”, acrescentou. “Sabe para quem ela (a Glorinha) mandou o primeiro beijo? Para Nossa Senhora Aparecida”, recordou a mãe.

Dessa forma, também no aniversário de Glorinha, “Maria estava presente como sempre”. “Teve oração, teve bênção dos padrinhos, teve amor, teve choro de emoção, teve muito riso, muita brincadeira”, contou.

Expressou ainda que “não teve riqueza nem luxo, mas teve sim o amor de Deus resplandecido em cada gesto”.

“Como agradecer a Deus por tamanho amor e cuidado por nós?”, perguntou-se a mãe da menina concluindo com a afirmação: “Somos todos teu, Maria!”.
_____________________________________
ACI Digital