Adsense Teste

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Imagens X Ídolos: diferenças entre um e outro


Ídolo: é a imagem de um deus falso, uma pintura de um deus, inventado pela fantasia do pensamento humano. Ex: sol, lua, animais vivos e figuras deles e outras entidades etc.

Idolatria: é o ato de prestar um culto de ADORAÇÃO a uma criatura a um objeto fabricado para ser deus. É considerar o falso deus como criador e senhor do universo, seguindo fábulas, mitos e lendas antigas. É um pecado hediondo; é o mais grave de todos os pecados.

Imagem: é a representação de um ser em seu aspecto físico. Imagem é um sinal por onde Deus agiu e age. É uma fotografia, uma estátua, um quadro, que representa uma criatura especial, uma pessoa santa e vencedora das trevas, que merece ser seguida, e em seu exemplo, admirada, jamais, porém em culto de latria. Assim, as imagens dos cristãos não são ídolos. Jamais um cristão pensou ou pensará que a imagem de um santo ou de uma santa seja Deus! Isso seria loucura, além de extrema burrice!

Adorar: é admitir Deus único, como único criador e Senhor do Universo. Somente prestamos culto de ADORAÇÃO a Deus; Ele é o criador e Senhor absoluto de todo o Universo. Deus que é Pai e Filho e Espírito Santo, um só Deus em três pessoas absolutamente distintas.

Venerar: significa imitar, honrar, louvar a Virgem Maria e os santos e as santas, porque são nossos espelhos de virtude, modelos na fé e que por suas vidas em Deus, nos ensinam a praticar a caridade, viver a palavra de Deus fielmente, e heroicamente.

Prostração: nem sempre significar adorar. "Este voltou de novo à presença do rei e falou. Prostrada a seus pés, desfeita em lágrimas, lhe suplicava que destruísse as maquinações que Amã, o agagita, tinha perversamente urdido contra os judeus" [Ester 8,3-4 ss]

Judá e seus irmãos entraram em casa de José no Egito, e prostraram-se diante dele, não em sinal de ADORAÇÃO e sim de profundo respeito. Existem prostrações, inclinações, vênias, ajoelhar-se, que é um ato de ADORAÇÃO a Deus, conforme a intenção de quem assim o faz. Esta intenção brota do coração, da alma humilde.

Inclinar-se: nem sempre é ADORAÇÃO. "Ela (Judite) levantou os olhos para o seu rosto (Holofernes) e inclinou-se profundamente diante dele (Holofernes) até o solo. Os servos de Holofernes levantaram-se por ordem do seu senhor". [Judite 10,20] 

Interessante é que muitas seitas combatem os católicos porque se ajoelham diante de imagens, ou de um Cristo na cruz em ADORAÇÃO, mas nunca vergam seus próprios joelhos diante de Deus. E se não dobram seus joelhos, dão provas de arrogância, quando a Palavra de Deus nos diz: Ao nome de Jesus, se dobre todo joelho, no céu, na terra e nos infernos (Filipenses 2,10)

Se a pessoa se prostra diante de Deus, é uma ADORAÇÃO. Mas como vimos acima nos casos de Judite, Ester, Judá e seus irmãos, diferente da atitude diante de outros deuses constatados na Bíblia, não é ADORAÇÃO.

É apenas um ato de humilde respeito, um meio de se obter um favor, clemência, compreensão, a ajuda espiritual, etc. Sabemos que Judá e seus irmãos, a rainha Ester, Judite, o mesmo José do Egito eram pessoas que somente adoravam a seu Deus, Javé, pois está dito: "José tirou-os dos joelhos de seu pai e prostrou-se com o rosto por terra". [Gen 48,12]

O caso também de Judite: "Prostrou-se diante de Holofernes, general do rei Nabucodonosor, mas isto não foi ADORAÇÃO, e sim um meio de conquistar a confiança de Holofernes, para livrar o seu povo da morte" (Judite 10,20)

A rainha Ester quando se prostrou diante do rei não foi ADORAÇÃO. Ela só desejava provar a sua inocência. Ester somente adorava ao Deus verdadeiro: Javé. "Judá e seus irmãos entraram na casa de José e prostraram-se por terra diante de José".(Gen. 44,14). Também este ato de prostração, não foi ADORAÇÃO. Os israelitas eram monoteístas e adoravam ao único Deus verdadeiro (Javé).

Digamos em síntese: a Deus Uno e Trino, nós os católicos e ortodoxos adoramos e entregamos a nossa alma, o nosso coração, a nossa vida, e nos colocamos humildemente e inteiramente em Suas poderosas mãos. Aos santos, nosso respeito, nossa estima, nossa admiração. O fato de alguém se ajoelhar diante da imagem de um deles e pedir sua intercessão, ajuda num pedido comum a Deus, é nada mais que uma prova de amor demonstrado nos gestos simples que lavam os pés dos irmãos, tal como nos pediu Jesus que o fizéssemos. Coisa que não se faz, infelizmente, em nenhuma seita ou comunidade anticatólica.
_____________________________ 

Fonte: Deus (Javé) mandou fazer imagens/ Padre José Airton Rezende/ ed: odorizzi [Salvai Almas]