Adsense Teste

quarta-feira, 19 de julho de 2017

EUA: Católicos lideram a resistência a monumento satânico no parque memorial de veteranos


Cidadãos católicos dos Estados Unidos rechaçaram a instalação de um monumento com símbolos satânicos que poderia ser colocado em um parque dos veteranos de guerra no estado de Minnesota.

Trata-se do parque comemorativo da cidade de Belle Plaine, onde seria colocado um cubo de aço de aproximadamente 60 centímetros quadrados, com pentagramas invertidos em cada lado. Acima do cubo ia ser colocado um capacete de soldado de cabeça para baixo.

Segundo ‘The Catholic Herald’, O Templo Satânico, seita que se espalhou por diversas cidades dos Estados Unidos e é promotora desta iniciativa, descreve o cubo como um lugar para que os visitantes pudessem deixar cartões ou flores. Entretanto, também o chama de cubo de Baphomet, relacionando-o com um ídolo oculto que tem raízes no paganismo medieval.

A ideia deste grupo surgiu há alguns meses, depois que um membro da Fundação Freedom From Religion (FRF) em Belle Plaine, organismo ateu com um enorme viés anticatólico, considerou que a estátua de um soldado rezando em cima de uma tumba marcada com uma cruz, era muito religiosa para um lugar público. A fundação persuadiu o município para que a cruz fosse removida e o clube de veteranos aceitou.

O monumento de um soldado ajoelhado antes de uma cruz no Veterans Memorial Park em Belle Plaine (CNS)

Em fevereiro, os cidadãos participaram da reunião do conselho da cidade para pedir que a cruz fosse colocada novamente. Os membros do conselho votaram 3 contra 2 a fim de formar uma área pública no parque, que permitisse que a cruz fosse exibida novamente.

O espaço designado permite que qualquer pessoa de qualquer religião solicite colocar um monumento comemorativo.

Pe. Brian Lynch, pároco de Nossa Senhora da Pradaria, se reuniu em junho para rezar no parque com mais de 50 católicos. Dois dias depois, aproximadamente 40 católicos se uniram enquanto testemunhavam no município contra a instalação do monumento satânico.

“Parece que está sendo imposta de fora. Às vezes, estas são coisas que são ruins realmente podem despertar algumas pessoas. Realmente temos que levar a sério a nossa fé e vivê-la”, disse Pe. Lynch ao jornal ‘The Catholic Spirit’, da Arquidiocese de São Paulo e Minneapolis.

O Templo Satânico soube da oportunidade de colocar um monumento em Belle Plaine através de FRF, que também pretende colocar um monumento no parque.

Pe. Lynch argumentou que erguer um monumento com símbolos satânicos teria um efeito negativo no público e viola vários artigos do Código da cidade de Belle Plaine, que proíbe qualquer desconforto ou ofensa “contra a decência ou moral pública”.
____________________________
ACI Digital