Adsense Teste

quarta-feira, 21 de junho de 2017

“Eu fui um tolo”: pastor pede perdão por ofender católicos


O Pastor Claudio Duarte pediu desculpas por comentários críticos que supôs ter feito dentro de uma Igreja Católica aos dogmas “Maria, mãe de Deus” e “Virgindade perpétua”. “Em uma de minhas ministrações fiz uma brincadeira que não devia. Acabei criando uma situação desagradável para a fé de pessoas que me respeitam”, afirma o palestrante protestante.


“Eu não deveria ter falado da maneira que falei”, justifica o pastor. No vídeo que circulou na internet e descontentou os fieis, Claudio afirmava em tom jocoso que “ninguém pode ser mãe de alguém que é mais velho [a si]”.  

Em outro trecho, ainda em tom risível dizia: “E não morreu virgem”. No vídeo de reparação, o pastor Claudio afirma “que foi um tolo”, em alusão ao versículo bíblico, “todo sábio tem seu dia de tolo”.

A Paróquia Nossa Senhora Rainha, onde o pastor teria dado a palestra, confirmou que ele deu palestra na mesma mas negou que o dito pastor tenha falado de Nossa Senhora. Confira aqui.
__________________
Com informações: O Povo / Ancoradouro