Adsense Teste

sábado, 17 de junho de 2017

Arquidiocese de Goiânia esclarece fieis sobre grupos sectários que se autodenominam "católicos".


NOTA DE ESCLARECIMENTO DA IGREJA CATÓLICA EM GOIÂNIA


A Arquidiocese de Goiânia, circunscrição eclesiástica da Igreja Católica Apostólica Romana em Goiânia e cidades vizinhas, por seu Arcebispo Metropolitano, Dom Washigton Cruz, alerta os fieis católicos sobre a existência de grupos religiosos que se autodenominam católicos, como por exemplo, a “igreja católica carismática santas missões” e “igreja primitiva católica ortodoxa”, que não estão em comunhão com o Santo Padre, o Papa Francisco, e não possuem qualquer vínculo com a Igreja Católica Apostólica Romana.

Em sintonia com a nota oficial lançada em 2011 pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), esclarece que o uso de nomes, termos, símbolos e instituições próprios da Igreja Católica Apostólica Romana por outras denominações religiosas distintas da mesma, pode gerar equívocos e confusões entre os fieis católicos. Assim, o uso das palavras “católico”, “paróquia”, “padre”, pode induzir a engano e erro. Alerta ainda que quaisquer sacramentos realizados por essas denominações religiosas são inválidos para os fieis católicos, podendo trazer ainda sérias consequências de ordem espiritual e pastoral.

Dessa forma, caso haja dúvida sobre a comunhão de supostos “padres”, “diáconos” e “paróquias” com a Igreja Católica Apostólica Romana, procurem a Cúria Metropolitana de Goiânia pelo telefone (62) 3223-0759 ou ainda pelo site www.arquidiocesedegoiania.org.br



Assessoria de Comunicação