Adsense Teste

terça-feira, 2 de maio de 2017

Volta à Monarquia Imperial do Brasil? O que o sr. acha, padre?


Em primeiro lugar, acho que a família imperial deve desculpas por seu passado #maçônico, e espero que seja apenas passado mesmo. Já explico mais.

Em termos políticos, deixo claro que não vejo a República como uma realidade absoluta na modernidade. A monarquia bem vivida e administrada é um caminho possível mesmo em tempos contemporâneos. Não sou monarquista também. Mas agora vem a outra parte.

A família imperial foi a principal causa da ruína do Império, pois toda a hierarquia estava infiltrada de alto a baixo de maçons que mais tarde vieram a ajudar na operação política de estabelecimento da República. Portanto, o Império foi algoz de seu próprio fim. Há fatos que precisam ser conhecidos.

Dom Vital
Durante a história da monarquia, a maçonaria perseguiu duramente um santo homem chamado Dom Vital, bispo de Olinda e que foi o mais jovem da história do Brasil, ordenado antes mesmo de completar 27 anos. Ele resolveu se pôr em luta contra a maçonaria no Império e dentro da Igreja, levando muitos a abjuração, inclusive numerosos clérigos, e outros foram excomungados dadas as chances de reconciliação com a Igreja. Ele destituiu irmandades, confrarias e grupos que serviam de reduto maçônico. Pôs-se como um fiel servidor de Deus que apontou os pecados de eclesiásticos e homens do império, a traição que eles cometiam contra Deus e a fé católica.

Porém, como haveria de se esperar, sofreu para o resto de sua vida. Foi perseguido de todos os lados. E toda a máquina do império brasileiro foi posta contra ele, inclusive a caluniosa imprensa que o chamava de tudo quanto era nome e adjetivos que o desqualificavam. Sua vida tornou-se um exílio completo. 

Antes de mais nada é preciso haver da família imperial brasileira uma reparação justa da memória deste grande mártir católico que foi perseguido pela maçonaria imperial.

A memória da família imperial está amaldiçoada até que haja a reconciliação histórica com Dom Vital e ajude também a iniciar o processo de beatificação do bispo pela acusação de seu passado pedindo perdão por seus antecessores que protagonizaram seus mais terríveis sofrimentos. No dia em que eu ver a família imperial de joelhos aos pés de uma imagem de Dom Vital, direi: "a maldição foi quebrada e esta família experimentará a liberalidade de Deus".



Padre Augusto Bezerra