Adsense Teste

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Padre Rodrigo Maria NÃO foi demitido do estado clerical, sequer existe processo!


Uma notícia fake (falsa) publicada no site Elo da Fé, ligado à Diocese de Uberlândia, foi desmentida pelo padre Rodrigo Maria. O site divulgou um suposto decreto de demissão do estado clerical de padre Rodrigo Maria, sacerdote fundador da Fraternidade Arca de Maria, que divulga, especialmente através das redes sociais a devoção à Virgem Maria segundo o método de São Luís Grignion Monfort.

Na noite desta quinta-feira, Padre Rodrigo esclareceu que a notícia é completamente falsa. “Não é de agora que alguns padres e bispos vem se esforçando para denigrir minha imagem para desacreditarem o que prego e ensino, que não é outra coisa do que a Palavra de Deus e a doutrina de sempre da Igreja”. Ainda de acordo com o padre não existe sequer processo canônico contra ele que vise esta finalidade. 


A nota falsa prescrevia que fosse evitado acesso ao material produzido pelo sacerdote. “Como Igreja, recomendamos ainda que em matéria de fé, moral e culto evitem-se toda e qualquer atitude sectária, fundamentalista, legalista, extremista e desprovida de bom-senso e de sincera comunhão com o magistério e as autoridades eclesiásticas”.

Tudo falso. O sacerdote perseguido reafirma sua Fé e obediência à Igreja. “Entretanto seguirei pregando o Evangelho e a doutrina Católica de Sempre, pelo fato de crer em Jesus Cristo e em tudo o que Ele ensinou. Jamais quero pecar por omissão, privando tantos dentre o povo de Deus de conhecer a verdade que salva e liberta”.
_________________________

Ancoradouro