Adsense Teste

segunda-feira, 1 de maio de 2017

Onde fala, na Bíblia, que Nossa Senhora foi sempre Virgem?


A Bíblia diz que Nossa Senhora, a Mãe de Jesus, foi Virgem antes do parto (Is 7,14; Mt 1, 8.22-23; Lc 1, 26-27), permaneceu virgem durante o parto, pois não só a concepção mas também o parto é descrito na profecia como miraculoso (Is 7,14; Lc 1, 30-31) e fica claro que se Jesus tivesse nascido como os demais, Maria não teria podido prestar-lhe os devidos cuidados, por suas próprias mãos. (Lc 2,6-7).

E a Bíblia também mostra que Nossa Senhora permaneceu Virgem, pois ela estava noiva de José, mas apesar disso pergunta ao anjo como ela daria à luz se não conhecia homem (Lc 1,34).

Essas palavras de Maria só têm lógica ao saber que ela já pretendia permanecer Virgem, algo incomum entre os judeus, mas uma graça dada e inspirada pelo Espírito Santo.

Também vemos que ela permaneceu Virgem ao ler o Evangelho de São Lucas que afirma que a Família de Jesus é José e Maria apenas (Lc 2, 41-43;45), algo que fica evidente quando Jesus morre na cruz e deixa sua Mãe aos cuidados do discípulo o que mostra que ela não tinha mais ninguém de filho (Jo 19, 25-27).

Maria é a porta pela qual Deus passou do mundo espiritual ao nosso mundo carnal e a Bíblia diz que essa porta devia permanecer intacta (Ez 44,2).


Aos irmãos na fé cristã que negam a graça de Maria permanecer virgem podemos perguntar o que é impossível a Deus? Se ele fez uma Virgem engravidar, não poderia conceder-lhe a graça de permanecer Virgem e sem mancha aquela que é a Mãe do Senhor?
PERGUNTAS FREQUENTES


1 - Por que no Evangelho de São Mateus se diz ANTES DE COABITAREM (Mt 1, 18)?


“Maria, sua Mãe, estava desposada com José. Antes de coabitarem, ela concebeu por virtude do Espírito Santo” (Mt 1, 18)


“Antes de coabitarem” significa apenas “antes de morarem juntos na mesma casa".
 Isso aconteceu quando “José fez como o anjo do Senhor lhe havia mandado e recebeu em sua casa sua esposa " (Mt 1, 24)


2 - Por que se diz FILHO PRIMOGÊNITO (Lc 2,7)?


A lei mosaica exige que todo o primogênito (primeiro filho) seja consagrado a Deus, quer seja filho único ou não (Ex 13, 2). Há primogênito sem que haja, necessariamente, um segundo filho.
A primogenitura era um título de dignidade e de honra entre os Judeus.


Geralmente, o filho, primeiro, tinha direito a certos privilégios, como os de herdeiro etc, ficando sujeito a certas obrigações, como vemos na Bíblia. (Lc 2, 23) É, portanto, de propósito e com razão que o Evangelista chama Jesus: “primogênito” – “ton protótokon”. Designa-o, deste modo, como herdeiro de David, como tendo um direito privilegiado sobre esta herança (cf Gen 10, 15 – 21, 12).


3- Por que se diz na Bíblia que José NÃO A CONHECEU ATÉ QUE DEU À LUZ?


“Até", na linguagem bíblica, refere-se apenas ao passado (II Sam 6, 23; Mt 28, 20) e não fica claro que após ela dar à luz José a teve como mulher.  O texto do Evangelho quer dizer apenas que "sem que José  a conhecesse ela deu à luz o seu filho", pois Maria não tinha a intenção de conhecer homem (Lc 1,34)


4 - Por que a Bíblia fala de IRMÃOS DE JESUS?

A expressão "Irmãos de Jesus" na verdade quer dizer PRIMOS DE JESUS. Não havia a palavra primo em aramaico na época de Jesus. O irmão significava não só o filho do mesmo pai e da mesma mãe, como também primos.


Há várias passagens bíblicas que mostram o termo irmão no sentido de parente ou primo (Gn 13,8; Gn 31,22-23; Ex 2,11; Jz 9, 1-3; I Cr 15,1-5; I Cr 23,21-22; II Cr 36,10).


Quando o Evangelho foi escrito em grego, os evangelistas continuaram usando o termo irmão no sentido aramaico.

São Paulo usa o mesmo termo em grego "αδέλφοι " (I Cor 15,6) para falar de irmãos na fé. Os irmãos de Jesus descritos no Evangelho (Mc 6,3; Mt 13,55) eram filhos de Maria de Cléofas ou de Salomé.


Tiago e José, descritos como irmãos do Senhor, eram filhos de outra Maria (Mateus 27,56; Marcos 16,1) (talvez a mulher de Cléofas descrita em Jo 19,25). Tiago e Judas  são descritos como filhos de Alfeu (Mateus 10,3; Atos 1,13).


Judas é descrito como sendo irmão de Tiago (Lucas 6,16; Atos 1,13; Judas 1,1). Logo, eram todos irmãos, filhos de outra Maria e de Alfeu.


Simão é o único que não é descrito como tendo um pai ou mãe, mas podemos concluir que também era primo de Jesus, assim como os demais.


NOSSA SENHORA FOI SEMPRE VIRGEM 
E SÓ TEVE UM FILHO: JESUS


Maria é descrita nos Evangelhos como sendo apenas a Mãe de Jesus e não a Mãe dos irmãos de Jesus:


"Não é este o carpinteiro, filho de Maria, e irmão de Tiago, e de José, e de Judas e de Simão? e não estão aqui conosco suas irmãs? E escandalizavam-se nele." Marcos 6,3


"E, ao terceiro dia, fizeram-se umas bodas em Caná da Galiléia; e estava ali a mãe de Jesus. E foi também convidado Jesus e os seus discípulos para as bodas." João 2,1-2

"Ora Jesus, vendo ali sua mãe, e que o discípulo a quem ele amava estava presente, disse a sua mãe: Mulher, eis aí o teu filho. Depois disse ao discípulo: Eis aí tua mãe. E desde aquela hora o discípulo a recebeu em sua casa." João 19,26-27


O Evangelho de São Lucas nos diz que Jesus não tinha irmãos e a família de Nazaré eram apenas Jesus, José e Maria:


"Ora, todos os anos iam seus pais a Jerusalém à festa da páscoa; E, tendo ele já doze anos, subiram a Jerusalém, segundo o costume do dia da festa. E, regressando eles, terminados aqueles dias, ficou o menino Jesus em Jerusalém, e não o soube José, nem sua mãe." Lucas 2,40-43


"E, tendo ele já doze anos, subiram a Jerusalém, segundo o costume do dia da festa. E, regressando eles, terminados aqueles dias, ficou o menino Jesus em Jerusalém, e não o soube José, nem sua mãe. Pensando, porém, eles que viria de companhia pelo caminho, andaram caminho de um dia, e procuravam-no entre os parentes e conhecidos;" Lucas 2,41-44

"E desceu com eles, e foi para Nazaré, e era-lhes sujeito. E sua mãe guardava no seu coração todas estas coisas." Lucas 2,51

_____________________________________

Rezai