Adsense Teste

quinta-feira, 25 de maio de 2017

5 mitos sobre a confissão que muitas pessoas ainda creem (talvez você também).


O Sacramento da Confissão (ou Reconciliação) é uma parte amplamente incompreendida da fé católica, o que é muito triste, porque é um dos pontos mais importantes! Aqui estão 5 dos mitos mais comuns:

Mito 1: A Confissão mostra que os católicos realmente não acreditam que o sacrifício de Cristo foi suficiente


Esta objeção geralmente vem de protestantes que se perguntam por que uma pessoa precisa de mais perdão se eles já puseram sua fé em Cristo. Assim, veem a confissão como algo separado e adicional à graça de Jesus. Há dois problemas com esta objeção:

Primeiro, o poder da Confissão depende inteiramente do sacrifício de Cristo. Cristo ganhou graça infinita na cruz, e o Sacramento da Confissão é um importante caminho que a graça percorre a cada indivíduo. Em outras palavras, a Confissão não é uma fonte de graça separada de Cristo, é um instrumento para sua aplicação.

Em segundo lugar, esta objeção geralmente vem de um mal-entendido da vida cristã. Alguns protestantes pensam que após a conversão inicial de uma pessoa, não há mais cooperação adicional e crescimento na graça necessária para a salvação. A Igreja Católica, por outro lado (seguindo a Bíblia), ensina que a vida cristã é uma contínua conversão e crescimento em santidade pela graça de Cristo.

Mito 2: A confissão foi inventada pela Igreja Católica e não está na Bíblia


Isso pode surpreender algumas pessoas, mas o núcleo do sacramento da confissão é explicitamente estabelecido pelo próprio Cristo nas Escrituras.

No Evangelho de João, depois de ressuscitar dos mortos, Jesus aparece aos seus discípulos e isto acontece:

“Jesus disse-lhes outra vez, “paz seja com você. Assim como o Pai me enviou, assim vos envio. E, tendo dito isto, soprou sobre eles e disse-lhes: Recebei o Espírito Santo. Aqueles a quem perdoardes os pecados ser-lhes-ão perdoados; aqueles aos quais mantiverdes ser-lhes-ão mantidos.” (João 20,21-23).

Ali mesmo, Jesus dá explicitamente aos Apóstolos o poder de dar e reter o perdão dos pecados, que é a base do sacramento da confissão. E a Igreja praticou isso desde o princípio. Certamente, a maneira exata como isso tem se mostrado na prática variou um pouco ao longo do tempo, mas o núcleo está bem ali na Bíblia (CIC 1447). 

Mito 3: Confissão é opcional


A Confissão definitivamente não é opcional para os católicos. É, de fato, exigido de duas maneiras.

Primeiro, de acordo com os preceitos da Igreja, todos os católicos são obrigados a ir à Confissão pelo menos uma vez por ano.

Em segundo lugar, o sacramento da confissão (ou seu desejo com contrição perfeita) é necessário para a salvação de indivíduos batizados em estado de pecado mortal segundo o Concílio de Trento.

Portanto, o Sacramento da Confissão não é apenas uma forma agradável e opcional de aconselhamento católico, se você quiser. Pelo contrário, é uma parte essencial de ser um católico praticante e atingir a salvação final.

Mito 4: Confissão é apenas para “pessoas realmente ruins”


A resposta anterior ao Mito 3 ajuda a corrigir esse mito. Se você é católico, você é obrigado a ir para Confissão pelo menos uma vez por ano de qualquer maneira.

Porém o mais importante, somos todos pecadores. Como diz a Escritura: “Se dissermos que não pecamos, nós o tornamos [Jesus] mentiroso, e sua palavra não está em nós” (1 João 1.10). Então, se você acha que não precisa da graça do perdão de Cristo, talvez você precise dar uma olhada na sua vida espiritual.

Mito 5: Confissão é assustador


Se alguém nunca foi à confissão, ou não foi em muito tempo, eles poderiam esperar que o sacerdote será chocado por seus pecados e reagir de forma cruel ou dura.

A experiência da grande maioria dos católicos atesta que o que acontece na verdade é o oposto. Os sacerdotes ouvem tudo e geralmente respondem com algum conselho e encorajamento e, em seguida, atribuem uma penitência muito leve (muitas vezes simplesmente dizendo algumas orações). Exceções a isso hoje em dia são raras.

Portanto, se você é um católico batizado e não se confessa a um tempo, você precisa buscar a reconciliação com Deus!
_____________________________
Church Pop