Adsense Teste

sábado, 15 de abril de 2017

Papa no cárcere de Paliano: Deus nos ama até o fim, servir é semear amor.


MISSA DA ÚLTIMA CEIA

HOMILIA DO PAPA FRANCISCO

Casa de Detenção de Paliano (Frosinone) 
Quinta-feira Santa, 13 de abril, 2017


Jesus foi ao jantar com eles na Última Ceia e, diz o Evangelho "sabendo que tinha chegado a sua hora de passar deste mundo para o Pai." Ele sabia que ele tinha sido traído, e que seria entregue por Judas naquela mesma noite. "Tendo amado os seus que estavam no mundo, amou-os até o fim." Deus nos ama assim: até o fim. Ele dá vida a todos nós, e se orgulha e quer isto porque Ele ama: "até o fim". Não é fácil, porque todos nós somos pecadores, todos nós temos limites, defeitos, tantas coisas. Nós todos sabemos o que é o amor, mas não sabemos como amar a Deus sem olhar para as consequências, até o fim. E como exemplo para mostrar isso, Ele que era "o chefe", que era Deus, lava os pés de seus discípulos. Lavar os pés era um hábito, na época, antes de os almoços e jantares, porque não havia asfalto, e as pessoas andavam na poeira. Portanto, um dos gestos para receber uma pessoa em casa, e até mesmo para comer, foi lavar seus pés. Isso faziam os escravos, mas Jesus se vira e se faz como um escravo. Simão não queria fazê-lo, mas Jesus disse a ele que era assim, que Ele veio ao mundo para servir, para servir, para ser um escravo para nós, para nos dar a vida, amar até o fim.

Hoje em dia, na rua, quando eu cheguei, havia pessoas que diziam Olá: "Será que o Papa, o chefe. O chefe da Igreja ...". O chefe da Igreja é Jesus; sem brincadeira! O Papa é a figura de Jesus e eu faria o mesmo que Ele fez. Nesta cerimônia, o sacerdote lava os pés dos fiéis. Há uma inversão: o que parece ser o maior tem que fazer trabalho escravo, mas para semear amor. Para semear o amor entre nós, eu não posso te dizer hoje vai lavar os pés uns aos outros: seria uma piada. Mas o símbolo, a figura sim, vou dizer-lhe que, se você pode dar uma ajuda, faça um serviço aqui, na prisão, ao companheiro ou parceiro, faça-o. Porque isso é amor, isso é como lavar seus pés. É ser um servo dos outros.  

Quando os discípulos estavam discutindo entre si sobre quem era o maior, o mais importante. E Jesus diz: "Quem quiser ser importante, deve ser o menor e o servo de todos." E é isso que ele fez, este é Deus conosco. Precisamos, ser servos. Todos nós, que somos pobres, todos! Mas Ele é grande, ele é bom. E Ele nos ama como somos. Por isso, durante esta cerimônia pensamos em Deus, em Jesus. Não é uma cerimônia popular, é um gesto para recordar o que fez Jesus. Depois disso, ele tomou o pão e deu-nos o Seu Corpo...; Ele pegou o vinho, e nos deu o Seu sangue. E assim é o amor de Deus. Hoje, nós pensamos unicamente no amor de Deus.
_______________________________

Santa Sé (tradução nossa)