Adsense Teste

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Papa: "Ser sal e luz contra os germes poluidores do egoísmo".


PAPA FRANCISCO

ANGELUS
Praça de São Pedro
Domingo, 5 de Setembro de 2017


Queridos irmãos e irmãs, bom dia!

Nestes domingos a liturgia propõe o chamado Sermão da Montanha, no Evangelho de Mateus. Depois de apresentar as bem-aventuranças no último domingo, enfatiza hoje as palavras de Jesus, descrevendo a missão dos seus discípulos ao mundo (cf. Mt 5,13-16). Ele usa as metáforas do sal e luz e as suas palavras são dirigidas aos discípulos de todas as idades, assim também para nós.

Jesus nos convida a ser um reflexo de Sua luz, através do testemunho de boas obras. Ele diz: "Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem ao vosso Pai que está nos céus" ( Mt 5,16). Estas palavras apontam que somos reconhecidos como verdadeiros seguidores d’Aquele que é a Luz do mundo, não em palavras, mas por nossas obras. Na verdade, é acima de tudo o nosso comportamento que - para melhor ou para pior - deixa um sinal no outro. Portanto, temos um dever e uma responsabilidade pelo dom recebido: a luz da fé, que está em nós por meio de Cristo e do Espírito Santo, não devemos mantê-la como se fosse nossa propriedade. Em vez disso, somos chamados a fazê-la brilhar no mundo, para dar aos outros por boas obras. E quanto precisa o mundo da luz do Evangelho que transforma, cura e oferece salvação àqueles que a acolhem! Esta luz que devemos carregá-la com as nossas boas obras.

A luz da nossa fé, sendo dada, não se apaga, mas se fortalece. Em vez disso, pode ser retido se não for alimentada pelo amor e as obras de caridade. Assim, a imagem da luz encontra-se com a do sal. O Evangelho, de fato, diz-nos que, como discípulos de Cristo, somos "o sal da terra" (v. 13). O sal é um elemento que, ao mesmo tempo que dá sabor, preserva da alteração e da decomposição dos alimentos - no tempo de Jesus não havia frigoríficos! -. Portanto, a missão dos cristãos na sociedade é dar "sabor" à vida com a fé e amor que Cristo nos deu, e ao mesmo tempo para impedir a entrada de germes poluentes de egoísmo, inveja, calúnia , e assim por diante. Estes micróbios arruinam o tecido das nossas comunidades, que devem, em vez brilhar como lugares de acolhida, de solidariedade, de reconciliação. Para cumprir essa missão, devemos nós mesmos em primeiro lugar sermos livres das influências corruptoras de degeneração mundana, que se opõem a Cristo e ao Evangelho; e esta purificação nunca acaba, isso deve ser feito de forma contínua, isso deve ser feito todos os dias!

Cada um de nós é chamado a ser luz e sal no seu ambiente de vida diária, perseverando na tarefa de regenerar a realidade humana no espírito do Evangelho e na perspectiva do reino de Deus. Há sempre ajuda e proteção de Maria Santíssima, a primeira discípula de Jesus e modelo dos crentes que vivem a cada dia na história da sua vocação e missão. Nossa Mãe vai ajudar-nos a deixar-nos ser purificados e iluminados pelo Senhor, para tornar-se, por nossa vez "sal da terra" e "luz do mundo". 

Depois do Angelus

Toda vida é sagrada! Nós levamos adiante da cultura da vida em resposta à lógica do descartável e ao declínio da população; Somos vizinhos e, juntos, rezemos pelas crianças que estão em risco de interrupção da gravidez, bem como para as pessoas que estão no final da vida - toda vida é sagrada! - Porque ninguém é deixado sozinho e o amor defende o significado da vida. Recordamos as palavras de Madre Teresa: "A vida é beleza, amirala; A vida é vida, defendê-la ", tanto com a criança prestes a nascer, é com a pessoa que está perto da morte: toda vida é sagrada!

Saúdo todos aqueles que trabalham para a vida, os professores das universidades romanas e aqueles que trabalham para a formação das novas gerações, de modo que eles são capazes de construir uma sociedade acolhedora e dignidade para todas as pessoas.

Saúdo todos os peregrinos, famílias, grupos religiosos e associações de diferentes partes do mundo. Em particular, saúdo os fiéis de Viena, Granada, Melilla, Acquaviva delle Fonti e Bari; bem como os estudantes de Penafiel (Portugal) e Badajoz (Espanha).


Desejo a todos um bom domingo. Por favor, não se esqueça de orar por mim. Bom almoço e adeus!
________________________________
Santa Sé (tradução nossa).