Adsense Teste

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Itália: Jihadista que planejava atentado contra o Vaticano é condenado a 6 anos de prisão


A justiça italiana condenou a seis anos de prisão Abderrahim Moutaharrik, um jihadista do ISIS acusado de planejar um ataque terrorista contra o Vaticano.

O cidadão marroquino foi preso em abril de 2016 em Milão, depois de planejar viajar à Síria junto com a sua família para treinar com os líderes do autodenominado Estado Islâmico e votar para a Itália, porque de acordo com as autoridades, “queriam atacar a embaixada de Israel em Roma e o Vaticano”.

Junto com ele, foram condenadas outras três pessoas, entre elas sua esposa, Salma Benncharki, que deverá permanecer cinco anos na prisão. 

Os serviços secretos do país interceptaram uma conversa telefônica na qual – de acordo com os investigadores – revelava seus planos de atentar contra o Vaticano.

Entretanto, o advogado do condenado afirmou que o sujeito “nunca disse que queria atacar o Vaticano”, mas admite que nesta ligação telefônica “menciona que queria ter atentado contra Roma há nove anos”.

Nos últimos anos, o Vaticano esteve na mira de vários grupos terroristas islâmicos. Os serviços de inteligência da Santa Sé, com ajuda das autoridades italianas, estão trabalhando para evitar qualquer ataque ao centro do catolicismo.
____________________

ACI Digital