Adsense Teste

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Apoio a Gandra Filho no STF movimenta redes sociais e gera onda de telefonemas para Temer


Desde que despontou como um dos mais prováveis nomes para suceder Teori Zavascki como ministro do Supremo Tribunal Federal, Ives Gandra da Silva Martins Filho tem sido apoiado por uma legião de fãs. Apoiadores do atual presidente do Tribunal Superior do Trabalho têm feito uma campanha em várias frentes para manifestar ao presidente Michel Temer o seu desejo de ver Gandra Filho, que é contra o aborto e o casamento gay, no STF.

No plataforma CitizenGo, apoiadores estão levando à frente um abaixo-assinado pedindo a Temer a nomeação de Gandra Filho. Criada em 31 de janeiro, a petição já foi assinada por quase dez mil pessoas. O texto argumenta que o jurista “será uma voz em favor da vida humana desde a concepção, da família, da cultura ocidental, do cristianismo, dos valores mais genuínos do povo brasileiro e, não bastasse, estará plenamente apto a tratar de reformas estruturantes para o país, como, por exemplo, a trabalhista e a previdenciária”.

Líderes de associações e movimentos pró-vida também pretendem enviar uma carta coletiva ao presidente, mas não citam no texto nenhum nome específico. Pedem apenas que Temer “indique um ministro no STF que faça cumprir nossas leis, que respeite a vontade do povo brasileiro, a fim de garantir o equilíbrio democrático e o direito mais fundamental, que é o direito à vida”.

O advogado e articulista paraibano Taiguara Fernandes de Sousa iniciou uma campanha nas redes sociais incentivando que aqueles que apoiam a nomeação de Gandra Filho telefonem ao gabinete de Temer manifestando a sua posição. Muitas das pessoas que ligaram dizem ter sido muito bem atendidas pela secretária do presidente. Segundo Sousa, uma fonte de Brasília diz que um ministro do STF garantiu que Temer já tomou conhecimento das ligações e ficou impressionado com o apoio ao jurista.

Além disso, os apoiadores de Gandra Filho estão postando a hashtag #IvesGandraNoSTF nos comentários de posts da página oficial de Temer no Facebook. Enquanto isso, nos jornais, no meio da onda de críticas aos posicionamentos do jurista, colunistas conhecidos no meio conservador como Paulo Briguet, da Folha de Londrina, e Flávio Quintela, da Gazeta do Povo, têm defendido Gandra Filho. 

Ainda, de acordo com a Folha de S. Paulo, o cardeal Sérgio da Rocha, presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, enviou uma carta a Temer recomendando o nome de Gandra Filho para o STF. Os cardeais Odilo Scherer e Orani Tempesta também manifestaram seu apoio, bem como Cláudio Geribelo, presidente da Conferência Nacional das Igrejas Evangélicas do Brasil, e Robson Rodovalho, presidente da Confederação dos Conselhos de Pastores do Brasil.

Segundo a Folha de S. Paulo, a nomeação deve sair até o fim da próxima semana. Outros nomes cogitados são o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, a advogada-geral da União, Grace Mendonça, a secretária de Direitos Humanos, Flávia Piovesan, e o juiz Sérgio Moro.

O telefone do gabinete da Presidência da República é (61) 3411-1200.
_________________________________

Sempre Família