Adsense Teste

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Por que os protestantes blasfemam contra Deus chamando os santos de ídolos?


Chamar os santos do céu de ídolos, divindades ou entidades é uma difamação prevista nas Sagradas Escrituras. Está escrito que a besta difamaria os habitantes do céu!

Ap 13,6: “Ela abriu a boca para blasfemar contra Deus e amaldiçoar o seu nome e o seu tabernáculo, os que habitam no céu”.

Para que a Besta tenha uma boca para blasfemar, algum corpo tem que servi-lhe de templo, senão ela não teria como proferir tais insultos. As Escrituras Sagradas apontam essa moradia da besta justamente nos falsos pastores:

Judas 1,8: “Da mesma forma, estes sonhadores contaminam seus próprios corpos, rejeitam as autoridades e difamam os seres celestias”.

Vemos na primeira epístola de São Pedro um capítulo inteiro falando sobre esses falsos mestres e vários versículos os identificam com os lideres protestantes:

Pregam prosperidade impondo o dízimo e seduzindo os fiéis: 2Pd 2,14 "[...] Iludem os instáveis e têm o coração exercitado na ganância”.

Inventam testemunhos de bênçãos materiais para pedir dinheiro: 2Pd 2,3 “Em sua cobiça, tais mestres os explorarão com historias que inventaram”.

Rejeitam o Papado e o magistério: 2Pd 2,10 “[...] desprezam a autoridade”.
Falam mal dos santos do céu (os chamam de ídolos ou de divindades): 2Pd 2,10 "[...] Tais homens não têm medo de difamar os seres celestiais”.

2Pd 2,11: "Nem os anjos [...] sendo maiores [...] fazem acusações injuriosas contra aqueles seres na presença do Senhor".

Caluniam a Igreja que Deus fundou, aquela que tem a verdade segundo as Escrituras (1Tm 3,15): 2Pd 2,2 “Muitos seguirão os caminhos vergonhosos desses homens e por causa deles será difamado o caminho da verdade”.



Paulo Leitão