Adsense Teste

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Estado Islâmico reivindica atentado de Ano Novo na Turquia


Os terroristas do Estado Islâmico reivindicaram o atentado perpetrado na noite de Ano Novo em uma boate de Istambul, na Turquia, no qual morreram 39 pessoas e outras 69 ficaram feridas.

O atentado ocorreu na boate Reina, um local conhecido da cidade turca no qual um homem abriu fogo com uma arma de longo alcance ante as pessoas que estavam lá.

Segundo informa o ‘New York Times’, o Estado Islâmico (ISIS) publicou nesta segunda-feira, 2 de janeiro, uma declaração na qual assinalam que o ataque foi perpetrado “continuando as abençoadas operações” que os terroristas “realizam contra a Turquia, a protetora da cruz”.

“Um soldado heroico do califado atingiu uma das casas noturnas mais famosas em que os cristãos celebram seu feriado apóstata”, indica o texto.

A declaração também assinala, aparentemente em referência à Síria, que “o governo da Turquia deve saber que o sangue dos muçulmanos, aos quais têm como objetivo com seus planos e armas, ocasionará um incêndio em seu país por vontade de Deus”.

Uma agência estatal informa que 8 suspeitos já foram detidos por este fato, embora a busca pelo responsável do ataque ainda prossiga.

Ao saber da notícia do atentado, o Papa Francisco expressou sua “proximidade ao povo turco”. “Rezo pelas vítimas numerosas e pelos feridos e por toda a Nação em luto”.

Também pediu “ao Senhor para ajudar todos os homens de boa vontade que arregaçam corajosamente as mangas para enfrentar a praga do terrorismo e esta mancha de sangue que envolve o mundo com uma sombra de medo e desânimo”. 

Este atentado aconteceu uma semana depois do assassinato a tiros em Ancara do embaixador russo na Turquia por parte de um terrorista islâmico, como vingança pela intervenção das forças armadas russas na Síria na luta contra o Estado Islâmico e outros grupos jihadistas.

O Santo Padre expressou sua solidariedade à Turquia e desejou que neste ano de 2017 a não violência permita avançar na busca pela paz.

““O ano será bom na medida em que cada um de nós, com a ajuda de Deus, procurar fazer o bem a cada dia. Constrói-se a paz dizendo não, com os fatos, ao ódio e à violência, e dizendo sim à fraternidade e reconciliação”, disse.

No último dia 20 de dezembro, em um telegrama enviado ao Arcebispo de Berlin após o atentado perpetrado nessa cidade que deixou ao menos 12 mortos, o Santo Padre expressou seu desejo de que “a loucura homicida do terrorismo não encontre mais espaço em nosso mundo”.
______________________________

ACI Digital