Adsense Teste

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Egito: Suspeitos de atentado contra catedral onde morreram 28 cristãos são presos


O ministério do interior do Egito anunciou que a polícia prendeu quatro suspeitos de ter participado do atentado suicida perpetrado em dezembro de 2016 pelo Estado Islâmico (ISIS) contra a Catedral Copta de São Marcos, no Cairo, enquanto era celebrada Missa, no qual 23 pessoas morreram.

Segundo informou ‘AP’, na última quarta-feira o ministério divulgou um comunicado no qual assinalava que os suspeitos planejavam realizar outras “operações terroristas” e encontraram um deles com armas e explosivos.

Também assinalaram que entre os detidos está Karam Ahmed Abdel-Aal Ibrahim, um dos dois principais suspeitos do atentado contra a catedral copta. O outro é Mohab Mostafa el-Sayed Qassem, mais conhecido como “O Doutor”, o qual continua sendo procurado pelas autoridades. 

Por outro lado, o ministério da saúde egípcio anunciou que o número de vítimas mortais aumentou para 28 pessoas, porque uma mulher de 63 anos que ficou ferida durante o atentado faleceu na última quarta-feira. E ainda permanecem hospitalizados 11 das 40 pessoas feridas.

Nesta semana, a unidade de engenharia do exército do Egito anunciou que foi finalizada a restauração da Catedral Copta de São Marcos por ordens diretas do presidente Abdel Fattah al-Sissi para que os cristãos coptos pudessem celebrar a festa de Natal no templo em 7 de janeiro, segundo a sua tradição.

O ataque à Catedral Copta de São Marcos foi considerado o mais letal contra civis no Egito durante os últimos anos. A maioria de vítimas mortais e feridos eram mulheres e crianças.
_________________________

ACI Digital