Adsense Teste

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Humilhou-se a Si mesmo!


No Natal, Jesus não nasce novamente, um novo nascimento a cada ano! Isto seria voltar aos mitos pagãos, sobretudo àqueles de origem agrícola, nos quais o deus renasce com a natureza, em cada primavera...

Imaginem se cantássemos: Parabéns pra você... Muitas felicidades, muitos anos de vida! Seria um completo despropósito!

Jesus é Senhor! Com Ele comungamos Vivo e Vivificante na Eucaristia! Ele não pode ter muitos anos de vida! Ele está para além dos tempos, dos dias, dos anos: Ele, na Sua natureza humana, agora divinizada, gloriosa, está na Eternidade de Deus, onde já não há tempo!

Jesus já não é nem será mais nunca criança! Ele é o Senhor, o Cordeiro imolado e ressuscitado! Jesus, o Deus nascido a Virgem, é o mesmo, imutável e eterno, ontem, hoje e para todo o sempre, Senhor dos tempos e da Eternidade!

No Mistério do Natal, celebrado de novo a cada ano, nós entramos em comunhão com o acontecimento único, irrepetível, perenemente salvífico, que agora encontra-se, com toda a sua potência, na Eternidade de Deus, em Cristo imolado e ressuscitado e se faz realmente presente no Memorial do Sacrifício eucarístico!

Aliás, o mistério do Natal é salvífico, mas também doloroso: em Belém, não foi uma simples criancinha que veio ao mundo, mas o Filho eterno do Pai,
sendo Deus, fez-Se homem,
sendo rico, fez-Se pobre, 
endo Criador, tomou a natureza da humana criatura,
sendo tão grande Senhor, fez-Se humilde servo,
sendo Eterno, entrou nos tempo,
sendo o Imortal, fez-Se mortal... 

O Natal é um mistério de pobreza, de abaixamento, de humilhação, de esvaziamento, de humanização do nosso Deus!

Celebrar o Natal não é celebrar uma "data querida", mas é entrar num mistério salvífico, é receber a graça Daquele que assumindo a fraqueza da nossa humanidade, deu-nos a potência celeste da Sua divindade!

Feliz Natal!
Deus nascido da Virgem, salvai-nos!


Dom Henrique Soares da Costa

Bispo de Palmares, PE