Adsense Teste

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Campanha vai arrecadar fundos para ajudar na manutenção do Cristo Redentor


Os braços abertos sobre a Guanabara abraçam o mundo inteiro. Quem vem de longe ou de perto, aos pés do Cristo não resiste a um pedido, uma benção.

Mas agora é ele quem precisa de ajuda. A crise não poupou nem o ponto turístico mais visitado do país. Com a queda nas doações, a Arquidiocese do Rio não tem dinheiro para fazer a manutenção e pagar os funcionários que cuidam do monumento.

O custo é de R$ 5 milhões por ano. A igreja diz que não recebe dinheiro da bilheteria do Parque Nacional da Tijuca, onde fica o santuário. O Instituto Chico Mendes, que administra o parque, afirmou que é responsável pela estrutura para visitação, como limpeza, vigilância e operação de elevadores e que está discutindo um novo acordo com a Arquidiocese.

A solução que a Arquidiocese do Rio de Janeiro encontrou foi lançar a campanha “Amigos do Cristo Redentor, Amigos de Fé” para arrecadar verbas que serão destinadas às obras de manutenção do monumento.

De acordo com a Arquidiocese, o Cristo apresenta rachaduras, infiltrações e precisa de uma coroa que funciona como para-raios. Os gastos com as obras emergenciais e as preventivas somam cerca de R$ 5 milhões por ano.

O arcebispo metropolitano do Rio, Cardeal Orani Tempesta, informou que desde 1934, a Igreja Católica  é responsável por todo o custeio de manutenção do Cristo. Para isso, conta com doações e parcerias institucionais.

A população já ajudou antes. Foram as doações populares que ajudaram a erguer o monumento. Para que o projeto do Cristo Redentor saísse do papel, a Igreja Católica fez duas campanhas para arrecadar dinheiro: uma em 1923 e outra em 1929. E os 500 contos de réis doados pelo povo garantiram esse presente para a cidade.

O monumento tem 85 anos, mas é a primeira vez que a Igreja pede ajuda para garantir os cuidados necessários ao conforto e à segurança dos 3 milhões de visitantes de várias partes do mundo que o local recebe todos os anos.

E já tem gente disposta a colaborar. Quem não quer garantir esse abraço?

Para saber como colaborar com a campanha, CLIQUE AQUI. 

Sobre o Cristo Redentor

O Cristo Redentor do Rio de Janeiro foi construído de concreto armado e pedra-sabão. Inaugurado em 12 de Outubro de 1931, tem 30 metros de altura e está a 709 metros acima do nível do mar, de onde se pode ver boa parte da cidade do Rio. O local é considerado o primeiro santuário a céu aberto do mundo e conta com uma capela de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil.

Em 2007, foi eleito uma das sete maravilhas do mundo moderno. Já em 2012, o Cristo Redentor foi considerado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

________________________________
Aleteia / G1