Adsense Teste

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

SP: Arquidiocese de Aparecida ganha novo bispo e Santuário Nacional torna-se Catedral.


O Papa Francisco aceitou nesta quarta-feira, dia 16 de novembro, a renúncia do Cardeal Arcebispo de Aparecida, Dom Raymundo Damasceno Assis. E, nomeou como novo arcebispo Dom Orlando Brandes, transferindo-o da Arquidiocese de Londrina, no Paraná.

Dom Damasceno havia apresentado renúncia em fevereiro de 2012, quando completou 75 anos, conforme prevê o direito canônico. E, até a posse do novo arcebispo, marcada para o dia 21 de janeiro de 2017, ficará na Arquidiocese de Aparecida como Administrador Apostólico.

Dom Orlando Brandes

Dom Orlando Brandes nasceu em 13 de abril de 1946 em Urubici, SC. É filho de Gregório Brandt e Hilda Morais Brandt (falecidos). Tem seis irmãos. Após o curso primário ingressou no Seminário João Vianney, de Lages. Em 1968 concluiu Filosofia na UCP em Curitiba. Fez seus estudos teológicos na Universidade Gregoriana e na Academia Alfonsiana (Roma) especializando-se em Teologia Moral em 1973.

Recebeu a ordenação sacerdotal em Francisco Beltrão (PR) em 6 de julho de 1974. Foi professor de Teologia Moral e Dogmática no Instituto Teológico de Santa Catarina (Itesc) de 1974 a 1994.

Vice-diretor do Itesc (1974-1982) e seu diretor (1982-1984). Diretor do Seminário Teológico (1987-1987), orientador do Seminário Dom Honorato Piazera (1990-1994), presidente, vice-presidente e Juiz do Tribunal Eclesiástico Regional de Florianópolis. Assistente Espiritual do Seminário Nossa Senhora de Guadalupe da Diocese de Joinville, em Florianópolis. Pregador de retiros espirituais. Auxiliar na Catedral Metropolitana. Animador de diversos cursos de teologia e, por espírito missionário, passava suas férias escolares em diversas paróquias carentes no Estado e também na Bahia, Mato Grosso, Acre e Piauí.

Foi eleito pelo Papa João Paulo II no dia 9 de março de 1994 como 3° bispo diocesano de Joinville. Escolheu como lema: “Somos operários de Deus” (1 Cor 3,9).

A ordenação episcopal e posse ocorreu no dia 5 de junho de 1994 na Catedral São Francisco Xavier em Joinville, dia de São Bonifácio. No dia 10 de maio de 2006, o Papa Bento XVI nomeou Dom Orlando Brandes Arcebispo de Londrina. A tomada de posse como 4º Arcebispo da Arquidiocese de Londrina aconteceu no dia 23 de julho de 2006.
 

SANTUÁRIO NACIONAL É A 

CATEDRAL DA ARQUIDIOCESE DE APARECIDA


Em documento enviado à Arquidiocese de Aparecida, no último dia 22 de outubro, o Papa Francisco autorizou a transferência da Catedral Arquidiocesana de Aparecida da igreja de Santo Antônio, em Guaratinguetá, para o Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, em Aparecida.

O Decreto da Congregação para os Bispos será promulgado pelo Delegado do Senhor Núncio Apostólico no Brasil, Dom Giovanni d’Aniello, durante a Santa Missa a ser celebrada no dia 12 de novembro, às 09h, no Santuário Nacional.

Com a transferência, fica extinto o título de Catedral do templo dedicado a Deus, em honra de Santo Antônio, na cidade de Guaratinguetá, passando, então, o Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida ao grau e dignidade de Igreja-Catedral da mesma Arquidiocese.

A transferência da Catedral para Aparecida não retira a importância da igreja matriz de Santo Antônio, em Guaratinguetá, que é a primeira igreja da Arquidiocese.
________________________________
Arquidiocese de Aparecida