Adsense Teste

terça-feira, 15 de novembro de 2016

Papa: a transformação de cada um de nós começa na Confissão.


O Papa Francisco foi à Basílica de São Pedro na manhã da terça-feira (15/11) saudar os peregrinos holandeses que vieram ao Vaticano celebrar o Jubileu da Misericórdia.

Em sua breve saudação, o Pontífice destacou que o Ano Santo nos faz relacionar ainda mais com Jesus Cristo, rosto da misericórdia do Pai.

“Jamais esgotaremos este grande mistério do amor de Deus! É a fonte da nossa salvação: todo o mundo, todos nós necessitamos da misericórdia divina. Ela nos salva, nos dá vida, nos recria como verdadeiros filhos e filhas de Deus”, disse o Papa, ressaltando que nós experimentamos a bondade do Senhor de modo especial no sacramento da Penitência e da Reconciliação.

Transformação

“A Confissão é o local em que se recebe o perdão e a misericórdia de Deus. Aqui tem início a transformação de cada um de nós e a reforma da vida da Igreja.” 

A exortação de Francisco aos holandeses é que abram seus corações e se deixem plasmar pela misericórdia de Deus, assim se tornarão instrumentos de Sua misericórdia. Num mundo sedento da sua bondade e do seu amor, os peregrinos poderão “irrigar” a sociedade com o anúncio do Evangelho e com a caridade, sobretudo para os com os mais necessitados e as pessoas abandonadas a si mesmas.

A Missa no Altar da Cátedra da Basílica Vaticana foi celebrada pelo Cardeal Willelm Eijk, Arcebispo de Utrecht e Presidente da Conferência Episcopal, e concelebrada por todos os Bispos holandeses. Vieram ao Vaticano cerca de dois mil fiéis de dioceses dos Países Baixos.
______________________________

Rádio Vaticano