Adsense Teste

sábado, 22 de outubro de 2016

Papa: "Diálogo abate muros das divisões e das incompreensões".


JUBILEU EXTRAORDINÁRIO DA MISERICÓRDIA
PAPA FRANCISCO

AUDIÊNCIA JUBILAR
Sábado, 22 de outubro de 2016


O encontro de Jesus com a mulher samaritana permite ver um aspecto importante da misericórdia que é o diálogo. Todas as formas de diálogo são expressão da grande exigência do amor de Deus, que vai ao encontro de todos, fazendo-nos participar da sua bondade e tornando-nos colaboradores da sua obra criadora De fato, é através do diálogo que as pessoas podem se conhecer, acolher-se e respeitar-se, abrindo-se àquilo que de melhor cada um tem para oferecer. O diálogo cria pontes de comunicação que fazem ver o outro como um dom de Deus. Desse modo, se abatem os muros das divisões e incompreensões que nascem do egoísmo, que isola e faz com que as pessoas se fechem no seu “pequeno mundo”. Há tanta necessidade de diálogo! Quantos problemas se resolvem quando se aprende a escutar o outro! O diálogo humaniza os relacionamentos na família, nos estudos, no trabalho. Também a Igreja vive do diálogo, procurando compreender as necessidades do coração de cada pessoa, para contribuir na busca e partilha do bem comum. 

Dirijo uma saudação cordial aos peregrinos de língua portuguesa, com menção particular do grupo de Póvoa de Varzim. Recordemos que a Virgem Maria nos ensina a escutar no silêncio e a meditar todas as coisas no coração, de tal modo que se possa ir ao encontro das necessidades do próximo. Possa o seu exemplo nos ajudar a servir sempre mais os nossos irmãos e irmãs. Que Deus vos abençoe a vós e a vossos entes queridos!
____________________________________

Santa Sé