Adsense Teste

sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Encontram morto sacerdote que denunciou narcotraficantes na Argentina


Padre Juan Heraldo Viroche, que nos últimos anos denunciou em suas homilias gangues de narcotraficantes, foi encontrado enforcado hoje na casa da Paróquia ‘Nuestra Señora del Valle’, em Tucumán, Argentina.

A polícia informou que o sacerdote de 46 anos foi encontrado sem vida em seu quarto, onde acharam seus pertences espalhados pelo chão e, segundo as investigações, sem sinais de violência.

A justiça ordenou que o corpo do sacerdote seja submetido a uma autopsia para estabelecer a causa de sua morte.

Os paroquianos disseram que o sacerdote havia expressado dias atrás sua preocupação pelas ameaças recebidas por causa de suas denúncias contra gangues envolvidas com a venda de drogas.

Uma das ações do Pe. Viroche foi celebrar uma Missa ao ar livre, em novembro de 2015, para pedir por um povo sem drogas nem roubo, na localidade e comuna rural de Delfín Gallo, localizado a 10 quilômetros da capital provincial.

Além disso, por causa dos reiterados roubos que sofreu no ano passado, o sacerdote decidiu colocar grades na Igreja e responsabilizou pelos delitos o avanço do narcotráfico que “corrompe” adolescentes e jovens da região.

Sobre esses fatos lamentáveis, a Arquidiocese de Tucumán publicou um comunicado, no qual lamenta a morte do pároco de ‘Nuestra Señora del Valle de La Florida’. 

O Pe. Juan foi encontrado morto em circunstâncias que estão sendo investigadas. A justiça está agindo e ordenou a autópsia a fim de determinar claramente as causas de sua morte”, assinala o texto.

“Esperamos um pronto esclarecimento do fato e confiamos na ação da justiça com a qual, desde o começo, colaboramos em tudo o que dependa de nós”, acrescentou.

A Arquidiocese de Tucumán manifestou que acompanha a família do sacerdote e os paroquianos em “sua dor pela perda de seu pastor” e encomendou o Pe. Viroche “à misericórdia de Deus, para que o Senhor o receba no céu”.
____________________________

ACI Digital