Adsense Teste

sábado, 20 de agosto de 2016

Esta gruta é o lugar onde São Pedro celebrava a missa?


O capítulo onze do Livro dos Atos dos Apóstolos diz que Antioquia foi a cidade na qual, pela primeira vez, os discípulos de Jesus foram chamados de “cristãos”. A tradição fala de Pedro como o fundador da Igreja de Antioquia, seguindo a história do mesmo livro, que conta não somente a chegada de Pedro e Barnabé à cidade turca, mas também a sua pregação.

 
Mas também esta tradição observa que foi na Knisset Mar Semaan Kefa (“Gruta de São Pedro”, em aramaico), onde Pedro celebraria a Eucaristia para esta comunidade. Ou seja, essa pequena gruta poderia ser o primeiro local de culto da antiga Igreja de Antioquia.

 
Localizada em uma das encostas do Monte Starius, a gruta tem uma profundidade de apenas treze metros e uma altura de sete, do chão ao teto.

As partes mais antigas do edifício que hoje vemos em volta da gruta são dos séculos IV e V, e incluem alguns pisos de mosaico e alguns poucos afrescos que foram preservados no lado direito do altar.

Séculos atrás, uma série de pequenos “aquedutos” trouxeram água (considerada milagrosa) de nascentes das proximidades em uma área onde os batismos foram celebrados, mas uma série de terremotos relativamente recentes inutilizaram estes canais.

 
Quando os Cruzados tomaram Antioquia durante a Primeira Cruzada, em 1098, foi adicionada uma fachada à gruta, que foi reconstruída oito séculos mais tarde, em 1863, por frades capuchinhos, por ordem do Papa Pio IX.

Hoje, a gruta só é usada como museu, mas, com autorização, algumas cerimônias religiosas são celebradas, especialmente em 21 de fevereiro, o dia que a região celebra São Pedro como seu patrono.


Daniel R. Esparza
_______________________________________
Aleteia