Adsense Teste

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Arquidiocese de São Luís convida fieis para ordenação presbiteral do diácono Ayrton Frank



A Igreja recebe seus ministros como dom de Deus e é chamada a acompanhar com suas preces o candidato ao Presbiterado. Em vista disso, para vivermos tal momento de graça nesse ano jubilar da Misericórdia, escolhemos tema e lema que devem guiar a nossa espiritualidade, desde o Tríduo vocacional até as primeiras missas. O tema, O cordeiro que está no meio do Trono será o seu pastor, é inspirado das páginas do Apocalipse e exprime o mistério de Cristo sobre as imagens do Cordeiro-Pastor e mostra como deve ser a identidade de um presbístero, embora ordenado para o ministério e configurado a Cristo, Bom Pastor, o sacerdote permanece um membro dos fieis. Ao mesmo tempo que é pregador também precisa ouvir a Palavra de Deus, ouvir de coração aberto a pregação dos outros. Se de um lado é aquele que abençoa, é também por outro, aquele que inclina a cabeça para receber as bênçãos dos outros.  Chamado de “padre” ele também é filho, irmão e amigo. É o ministro da Reconciliação, mas é também o homem do fracasso, da fraqueza e da limitação humana e precisa sentir-se por muitas vezes perdoado. Por fim, são pastores à medida que, são ovelhas Daquele que está sentado no trono e sabe dar a sua vida como um cordeiro que se sacrifica para “conduzir as fontes de água”. Se o tema esboça com clareza a identidade do presbítero, o lema exprime a missão que esse deve assumir: Levanta-te e vai (At 9,14), essas são as palavras que Deus dirige a Felipe, um dos membros do grupo dos “Sete”, cuja tradição muito antiga, considera-os como os primeiros Diáconos. Em consonância com o Documento de Aparecida, que visa uma formação de presbíteros missionários sempre prontos para agir em uma Igreja em saída como nos pede o papa Francisco. É sair da acomodação e ir ao encontro, é erguer-se  para servir e voltar alegre com a consciência da interpelação feita a todos os sacerdotes no dia de sua ordenação ao receber do povo as espécies do pão e do vinho: Vive o mistério que é colocado em tuas mãos.


 
Ayrton Frank Castro Pinheiro nasceu na cidade de Viana, no dia 17 de Junho de 1986, e é o quarto filho de Clenair Castro Pinheiro e Armando Pinheiro Filho (In memoriam) cursou o Ensino Fundamental nas escolas Prof° Antônio Lopes, Princípe da Paz e CAIC. Vindo para São Luis para concluir o Ensino Básico no CEM Barjonas Lobão. Foi batizado no dia 01 de Outubro de 1989, recebeu a Eucarístia no dia 13 de Maio de 1999, na Paróquia Nossa Senhora de Fátima Viana-MA e a Confirmação em Maio de 2006, na Paróquia Nossa Senhora de Nazaré, Cohatrac. Participou do grupo de Liturgia exercendo os ministérios de leitor e da Acolhida na mesma Paróquia onde se crismou. Ingressou no Seminário Menor São João Maria Vianney no dia 10 de fevereiro de 2006, sendo acompanhado pelo Padre Clemilton Moraes enquanto se preparava para o vestibular. Nesse mesmo período chegou a cursar o segundo período de Comunicação Social com habilitação em Radio e TV na Universidade Federal do Maranhão. Em 2007 ingressou no seminário Santo Antônio onde cursou Filosofia no IESMA e teve como reitores Dom Benedito Araújo e Padre Clemilton Moraes. Por ocasião da divisão das casas de Formação em 2008 passou a residir no Seminário Maior de Filosofia São João Maria Vianney, tendo por reitor o padre Antônio José Ramos Costa. Em 2010 ingressou no seminário maior de Teologia na Igreja de São Pantaleão e teve por reitor o padre Orlando Ramos. Durante o período de formação fez estágio pastoral nas paróquias Nossa Senhora de Nazaré (comunidade Itapiracó), Paróquia Nossa Senhora Aparecida do Munim - Morros, Paróquia Sagrada Família – Maiobão, Paróquia do Espírito Santo – Parque Timbira (Comunidade Bom Jesus), Paróquia Nossa Senhora da Boa Viagem – Matinha (Km 11), Paróquia Nossa Senhora da Penha – Anjo da Guarda onde reside atualmente. Admitido as Ordens Sacras no dia 27 de Abril de 2015 juntamente com os seminaristas James Serrão e Danilo Fontinele, no dia 19 de Outubro do mesmo ano recebeu o ministério de Leitor e Acólito no Seminário são João Maria Vianney – Cohatrac e no dia 27 de Fevereiro deste ano da Graça do Senhor foi ordenado Diácono e hoje, após um itinerário frutuoso no ministério diaconal torna-se padre pela graça divina que nos olha com misericórdia.