Adsense Teste

quarta-feira, 13 de julho de 2016

Equador: Ladrões roubam e profanam Eucaristia em Santuário Mariano



Na segunda-feira, 11 de julho, desconhecidos ingressaram no Santuário Mariano de Cajas em Cuenca, Equador, onde forçaram o sacrário e roubaram dois cálices sagrados que continham a Eucaristia, além de outros objetos litúrgicos.

O roubo, informado em um comunicado assinado pelo Pe. Rigoberto Jara, Secretário-Chanceler da Arquidiocese de Cuenca, gerou a consternação dos fiéis equatorianos.

O comunicado de 12 de julho precisa que os ladrões levaram, além dos dois cálices sagrados, vários rosários, o sino grande que estava sobre a capela e o aparelho de som.

O jornal equatoriano ‘El Tiempo’ publicou os comentários de alguns frequentadores do santuário ao ver o episódio. “Foi doloroso ver as hóstias esparramadas no piso e que os símbolos religiosos tinham desaparecido”, disseram os presentes.

As testemunhas explicaram que não se pode quantificar o valor dos objetos roubados porque, além do custo monetário, os mesmos representam a fé de um povo “que não é quantificável”.

Os fatos estão sendo investigados por agentes da Polícia Judicial.

Estes fatos, prossegue o comunicado da Arquidiocese de Cuenca, constituem “um sacrilégio do mais sagrado que temos os católicos como é a presença de Jesus Cristo na Santa Eucaristia”.

Por isso, solicitaram aos fiéis “que se unam em uma cadeia de oração através da Santa Eucaristia, o Santo Rosário e outras iniciativas adequadas em desagravo pela profanação perpetrada neste Santuário”.

“No nível legal, estamos realizando todas as ações ao nosso alcance para encontrar os responsáveis e, sobretudo, para ver se houve outras causas que não o furto para realizar este reprovável ato”, conclui o texto.
__________________________________
ACI Digital