Adsense Teste

domingo, 12 de junho de 2016

Mel Gibson prepara sequência de A Paixão de Cristo


Mel Gibson e o roteirista Randal Wallace já estão trabalhando na sequência de “A Paixão de Cristo”, o famoso filme de 2004 que mostrou no cinema as últimas 12 horas da vida de Jesus Cristo.

O roteiro de “A Paixão de Cristo” foi baseado nos diários da mística Ana Catalina Emmerich (1774-1824) apresentados no livro “A Dolorosa Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo” e foi traduzido ao latim, hebreu e aramaico por tradutores jesuítas em Los Angeles.

The Hollywood Reporter informou que o mesmo Randall Wallace – nomeado ao Óscar por Braveheart – confirmou que já está escrevendo o roteiro do novo filme bíblico que será sobre a Ressurreição de Jesus Cristo.

“Sempre quis contar esta história. ‘A Paixão de Cristo’ é o começo e há muito mais história que contar”, assegurou Wallace ao meio de comunicação norte-americano.

Wallace, que recentemente dirigiu e foi um dos escritores do drama baseado na fé “O céu é real” (2014), disse que ele e Gibson tiveram a ideia de uma sequência da Paixão quando trabalharam na realização do filme “Hacksaw Ridge”, o qual estreará em 4 de novembro nos Estados Unidos.

“A Paixão de Cristo” teve um orçamento de 30 milhões de dólares e arrecadou mais de 611 milhões no mundo inteiro.

Desde que estreou em 2004, escutavam em Hollywood os rumores sobre a possível sequência de “A Paixão de Cristo”. Não obstante, Mel Gibson decidiu se centrar em outros projetos.

Estes rumores cresceram quando o ator e cineasta foi como convidado surpresa na graduação da Universidade de Liberty em Virginia, Estados Unidos, no mês de maio.

Durante o evento, Gibson apresentou um trailer de seu novo filme, “Hacksaw Ridge”, e perguntaram-lhe sobre uma possível sequência de “A Paixão de Cristo”. O cineasta mostrou interesse em realizá-la, mas não deu mais detalhes.

O próximo filme de Mel Gibson e Randal Wallace ainda não tem um estúdio ou apoio financeiro. “É muito cedo para falar de dinheiro”, disse Wallace, que além disso indicou que já há vários patrocinadores interessados em investir.

“Este é um tema tão grande e sagrado”, acrescentou.

Em fevereiro, a Sony lançou “Risen” (“Ressurreição”), filme que conta a história da Ressurreição, mas Mel Gibson não participou. O filme ganhou cerca de 46 milhões de dólares no mundo com um orçamento de 20 milhões.
_____________________________________
ACI Digital