Adsense Teste

quarta-feira, 8 de junho de 2016

Filipinas: Presidente da CBCP responde com a “virtude do silêncio” às ofensas do presidente eleito no país, Rodrigo Duterte, à Igreja Católica.


Dom Sócrates Villegas, Arcebispo de Lingayen-Dagupan e presidente da Conferência de Bispos Católicos das Filipinas (CBCP), respondeu com a “virtude do silêncio” as ofensas realizadas há alguns dias por Rodrigo Duterte, presidente eleito no país, e rechaçou a “magia negra da vingança”.

Duterte, que ganhou as eleições presidenciais no dia 9 de maio nas Filipinas, qualificou em 20 de maio a Igreja Católica como “a instituição mais hipócrita” e insultou os bispos filipinos: “vocês filhos de p***as, não estão envergonhados? Pedem tantos favores, inclusive a mim”.

O presidente eleito das Filipinas também insultou no passado o Papa Francisco e é conhecido pela sua forma dura de governar como prefeito, por isso foi chamado “O castigador” (The Punisher) pela revista americana Time.

Dom Sócrates Villegas se pronunciou no último dia 5 de junho, segundo informações da página da CBCP, e explicou que sua “linguagem é de paz, a qual rechaça a magia negra da vingança”.

“Minha linguagem é o silêncio, como respeito por aqueles que nos consideram seus inimigos, mas por cujo bem verdadeiramente rezamos e cuja felicidade queremos que se realize”.

O presidente da CBCP sublinhou que “há virtude no silêncio. Há virtude no discurso. Sabedoria é saber quando é o tempo de ficar em silêncio e quando é tempo de falar”.

Dom Villegas indicou ainda que o seu é “o silêncio de Jesus ante a arrogância de Pilatos”.

“Podem entender minhas palavras se falarem a linguagem do silêncio. Podem entender meu silêncio se souberem o modo de amar como Aquele que nasceu em uma noite de silêncio”, disse.
_________________________________
ACI Digital