Adsense Teste

terça-feira, 31 de maio de 2016

Hóstias consagradas que foram roubadas em igreja são devolvidas, no Perú.


Por volta das 3 horas da manhã de quinta-feira de Corpus Christi, cerca de sete homens entraram com armas na Paróquia de Santa Maria, localizada na Villa Maria do Triunfo, pertencente à Diocese de Lurin, ao sul de Lima (Peru). Os assaltantes invadiram e encontraram um trabalhador que estava guardando o templo, o renderam apontando armas, e roubaram o equipamento de som e os vasos sagrados da paróquia, incluindo a chave do sacrário e duas âmbulas com o Corpo de Cristo e ainda a Hóstia Magna com a teca e o ostensório.

Conforme disse o pároco ao site InfoCatólica, o alarme foi dado quando uma menina que estava no hospital retornava para a casa em que estava hospedada na paróquia. Ao chegar ao local, a irmã que acompanhava a menina gritou e os ladrões fugiram em três veículos.

Na quinta-feira, na mesma hora em que os fiéis ​costumavam unir-se ​para realizar a adoração eucarística na paróquia, uma Missa de reparação foi celebrada, e a notícia rapidamente se espalhou através de redes sociais. Só no Facebook, em poucas horas, a publicação do pároco foi compartilhada 150 vezes, com muitas replicações secundárias. Muitos grupos no Perú e no exterior comprometeram-se a fazer correntes de oração, e o Bispo de Lurin, Monsenhor Carlos Garcia Camader, aconselhou o pároco a confiar esta situação às almas do purgatório.

Dois dias depois, às 21h, o padre recebeu um telefonema de uma mulher em seu celular pessoal. A chamada era para avisar que no domingo, no dia em que é comemorado Corpus Christi no Perú, iria alguém à paróquia para devolver as hóstias consagradas por volta das 3h da manhã, mas pediu que não houvesse ninguém na área.
O sacerdote Omar guardou o segredo e só comentou com o bispo e a partir 2h da manhã ficou esperando em seu escritório. Às 3:15, disse o padre, apareceu uma pessoa escondida sob vários cobertores, encapuzado e com uma caixa de papelão nas mãos. A partir do escritório não foi possível ver a porta da paróquia, mas um momento depois reapareceu a mesma figura sem a caixa. O sacerdote estava com o coração na mão, e somente após 5 minutos, saiu para verificar a caixa.

O padre confirmou que as partículas eram as mesmas que tinham sido roubadas, pois o número coincidia e também foi entregue a Hóstia Magna. O padre entrou na igreja e ficou cerca de 1 hora em oração de agradecimento e, rapidamente, avisou pelas redes sociais a todos os que o acompanharam em oração, para que soubessem a boa notícia do retorno do Corpo de Cristo à Igreja de Santa Maria, no mesmo domingo de Corpus Christi.

Da mesma forma, o bispo retornou à tarde para realizar uma missa de desagravo na paróquia. Como nos diz o padre: "As coisas materiais são caras, e temos gastado muito em uma comunidade muito pobre, o Corpo de Cristo é o que mais importa. É inestimável. O material pode ser recuperado com esforço. O espiritual é diferente".

Recorde-se que a casa da paróquia, chamada Lugar das Bem-Aventuranças, está cuidando de 120 pessoas de todas as idades. A mais nova tem apenas cinco meses de idade e a mais velha possui 94 anos. Nesta casa vivem doentes mentais, pessoas com diferentes habilidades e doenças físicas. Se você quiser colaborar com a casa ou com a recuperação dos vasos sagrados da paróquia, pode escrever para o email: santamaria.parroquia@gmail.com
________________________________________
InfoCatólica