Adsense Teste

segunda-feira, 7 de março de 2016

Pedagogia Litúrgica para o mês de Março de 2016: "Misericórdia e Ressurreição".


Misericórdia

O acolhimento é a primeira característica da misericórdia! É com este pensamento que iluminamos a pedagogia litúrgica deste mês de março. Isto se faz presente no 4º Domingo da Quaresma, que proclama uma das parábolas mais conhecidas de Jesus: aquela do Pai misericordioso que, em sua infinita misericórdia, acolhe o filho pródigo. No contexto do Ano Santo da Misericórdia, é uma Liturgia para ser celebrada na alegria da proximidade da Páscoa e com o coração aberto para perceber a infinita misericórdia do Pai. Uma celebração que enfatizará a paciência do Pai e o seu acolhimento como notas concretas de quem quer se tornar misericordioso como o Pai é misericordioso.

Depois, vem o encerramento dos Domingos Quaresmais que, sempre no contexto do Ano da Misericórdia, relata o encontro de Jesus com uma mulher surpreendida em adultério (5DQ-C). A cena de Jesus diante de uma mulher apanhada em adultério acontece logo depois de Jesus ter passado a noite em oração. Entrar no espaço da oração por longo tempo é condição para modelar um coração misericordioso que, longe de condenar e lapidar, oferece a proposta de um novo caminho: “vai e não peques mais”. A misericórdia divina não se equipara com a rigidez da lei que condena à morte, mas sempre com a Lei divina do amor, que se coloca a favor da vida, promovendo a vida através da proposta de novos caminhos; caminhos distantes do pecado.

Semana Santa

A Semana Santa, que iniciamos com as celebrações do Domingo de Ramos, é um tempo especial para todos os cristãos. Para nós, católicos, a celebraremos no contexto do Ano Santo da Misericórdia, de onde a celebração deste Domingo, também conhecido como "Domingo da Paixão", destacando o convite para contemplarmos a misericórdia divina, manifestada na Paixão de Jesus. Um convite para avaliar a grandeza do amor misericordioso de nosso Deus em favor de toda a humanidade. Jesus entra na cidade para manifestar a misericórdia divina, destacando três aspectos oblativos da vida de Jesus na Eucaristia, na Cruz e na Ressurreição.
 Tríduo Pascal


Sempre iluminados com a luz da misericórdia divina, nossa proposta para a celebração do Tríduo Pascal, neste ano de 2016, contextualiza-se na Teologia da Misericórdia, em sintonia com o Ano Santo da Misericórdia. Como nos anos anteriores, estamos propondo um livrinho (ebook de 74 páginas) com uma reflexão sobre Eucaristia, sobre a Paixão e Cruz de Jesus e sobre a Ressurreição com as luzes da Teologia da Misericórdia. A conclusão do nosso texto é feita com propostas práticas e concretas em vista da vivência da misericórdia no cotidiano de nossas vidas e na missão e pastoral da Igreja a partir da espiritualidade litúrgica, presente nas celebrações do Tríduo Pascal.

Domingo da Páscoa

Depois de experimentar a intensidade destas celebrações, somos convidados a considerar a vida cotidiana com outros olhos: com o olhar da misericórdia divina, que chega ao ponto de entregar a vida de seu Filho Jesus Cristo para nos salvar.

É um dado necessário em nossos tempos. A agitação que vida promove em nossos dias, nem sempre nos endereça para o local da Ressurreição de Jesus ou para locais onde podemos ler os sinais da Ressurreição. Por isso, a celebração da Páscoa de Jesus Cristo, no contexto do Ano Santo da Misericórdia, é um convite a rever nossas estradas e nossos endereços existenciais. Lá onde a misericórdia é celebrada encontramos sinais da vida plena, fruto da Ressurreição de Jesus Cristo.

Conclusão

Todos estes sinais ajudam-nos a pensar as celebrações deste tempo forte da Liturgia, como diz a própria Liturgia, em vista da vida plena, com vida que tenha sentido, alegria e paz. Não celebrar a Páscoa apenas como uma data do calendário, mas como proposta de oferecer um caminho de misericórdia aos celebrantes, pois nele cada um poderá encontrar a força da vida e a realização da própria existência.



Serginho Valle
_____________________________________

Serviço de Animação Litúrgica