Adsense Teste

quinta-feira, 31 de março de 2016

Os três antecessores de Lutero


1º -SATANÁS:

O pai da divisão causou uma cisão no corpo celeste convertendo ao animo rebeliônico um terço dos habitantes do céu. Ap,12,4: “Varria com sua cauda uma terça parte das estrelas do céu”. A maldade da terra é incitada pelo animo dos espíritos caídos (Dn 10.12-13; Ef 6.12), sua expedição é frustrar os planos de Deus sob a regência do príncipe desse mundo, Satanás, o “deus deste século” (2 Co 4.4).

2º-CORÉ:

Pondo-se contra o patriarcado de Moisés o qual foi instituído por Deus, Coré propôs uma reforma causando uma ruptura no corpo do tabernáculo da lei (Nm 16,1-3), mas Deus devorou a todos que seguiram a reforma proposta por ele. Nm 16,31: “[...] fendeu-se a terra debaixo de seus pés”. Nm 16,32: “e, abrindo sua boca, os devorou com toda a sua família, todos os seus bens e TODOS OS HOMENS DE CORÉ”. Nm 16,33: “Desceram vivos à morada dos mortos [...]”.

3º-JUDAS ISCARIOTES:

Nascido em Queriote-Ezron (Js 15,21) que segundo São Jerônimo era um conjunto de aldeias localizada na judeia no território da tribo de Judá, Judas o traidor, foi o primeiro a abandonar o corpo da Igreja apostólica. Curiosamente, assim como São Pedro era o primeiro citado na lista de Apóstolos (Mt 10,2; Lc 6,13-16) Judas era o último (Mt 10,2-4; Mc 3,16-19; Lc 6,13-16). Sua ação subversiva segundo os dois primeiros evangelhos foi movida por avareza (Mt 26,14-16; Mc14,10-11) e segundo os dois últimos, por influência de Satanás ((Lc 22,3; Jo 13,2-27) o que coincide com o pai do protestantismo. 



Se analisarmos os três antecessores do pai do protestantismo todos tiveram algo em comum, todos caíram literalmente, o último, sendo suicida se aproxima mais singularmente do reformador. 1Jo 2,19: "Eles saíram dentre nós, mas não eram dos nossos. Se tivessem sido dos nossos, ficariam certamente conosco. Mas isto se dá para que se conheça que nem todos são dos nossos".


Paulo Leitão de Gregório