Adsense Teste

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Nova York: bebê abandonado em um presépio


O zelador da igreja do Menino Jesus do Queens, um dos maiores distritos de Nova York, nessa segunda-feira à noite, viu-se confrontado com uma cena inacreditável. Alertado pelo choro de um bebê, foi até o presépio colocado em uma capela, onde encontrou um pequeno ainda com o cordão umbilical, entre as estátuas da Sagrada Família.

Segundo a polícia, o recém-nascido tinha quatro ou cinco horas de vida quando foi encontrado, evidentemente abandonado pela sua mãe. O pároco Christopher Heanue escreveu na página do Facebook que a criança pesa pouco mais de 5 quilos e mede 43 cm. "Eu acredito - disse o religioso - que a mãe encontrou neste lugar o seu ‘refúgio’, o lugar onde o seu filho seria acolhido”.


A história tocou também mons. Octavio Cisneros, bispo auxiliar da Diocese do Brooklyn, que disse: "Há uma criança, envolta em panos, em um guardanapo”, convidando a rezar “por ele, pelos seus pais e por quem vai recebê-lo na sua casa”. 

O bebê está agora internado no hospital Jamaica e o seu quadro clínico está estável. A identidade da mãe é ainda desconhecida, embora a polícia disse ao New York Times que as câmeras registraram as imagens de uma mulher, não ainda identificada, que chega com um bebê na sacola e sai da Igreja sem ele.

No Estado de Nova York existe uma lei, L’Abandoned Infant Protection Act, que consente abandonar anonimamente recém-nascidos em certos lugares específicos, como hospitais, quartéis de bombeiros, delegacias de polícia e igrejas, mas com a condição de que a criança seja confiada a alguém ou que as autoridades sejam imediatamente avisadas. O presépio não estava ainda arrumado completamente quando o pequeno foi deixado neste lugar incomum.
________________________________

ZENIT