sábado, 21 de novembro de 2015

Madre Teresa será canonizada em setembro de 2016


Madre Teresa de Calcutá será canonizada em setembro de 2016, como parte do Jubileu extraordinário. Quem traz a notícia é a agência Agi, indicando como possível data a segunda-feira, 5 de setembro, memória litúrgica da Beata, fundadora das Missionárias da Caridade, e 19º aniversário da sua morte. Segundo Vatican Insider, porém, “é muito mais provável que a canonização aconteça no dia precedente, ou seja, domingo 4 de setembro”.

Conforme relata o mesmo site, “para chegar a oficializar a canonização ainda são necessários alguns passos”. “O milagre atribuído à intercessão da Beata albanesa será examinado pelos cardeais e bispos da Congregação das Causas dos Santos no próximo mês”, escreve a agência. “Embora o exame dos prelados não é de mérito – que é feito pela consulta médica do Dicastério e já aconteceu com êxito positivo – é sempre possível pedido de aprofundamentos que podem adiar mais os tempos do processo. Uma vez que os cardeais e bispos da Congregação se pronunciem, a decisão é apresentada ao papa pelo cardeal prefeito, que aprova o milagre e portanto comunica a data da cerimônia ao consistório de cardeais".

O milagre que poderia elevar Madre Teresa aos altares é a cura inexplicável de um homem brasileiro, da Diocese de Santos, no último estágio de um tumor maligno no cérebro, que aconteceu logo depois que o enfermo tinha orado intensamente à Madre Teresa. No exame o câncer, que já havia se estendido para grande parte do cérebro, desapareceu de improviso. 

Madre Teresa, cujo nome de nascimento é Anjëzë Gonxhe Bojaxhiu, nasceu em Skopje, capital da atual Macedónia, em 26 de agosto de 1910. Fundou a Congregação das Missionárias da Caridade, e mais tarde dos Irmãos Missionários da Caridade. Pela sua obra de apostolado entre os pobres e os enfermos se tornou rapidamente símbolo de amor e caridade. Tanto que o reconhecimento das virtudes heroicas e dos milagres foi aberto com menos de dois anos da sua morte – acontecida no dia 5 de setembro de 1997 – por causa da sua fama generalizada de santidade. A cerimônia de beatificação aconteceu na Praça de São Pedro no dia 19 de outubro de 2003, presidida por João Paulo II, ligado à religiosa por uma profunda amizade.
__________________________________________

ZENIT