Adsense Teste

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Lista das Igrejas que juntas compõem a Igreja Católica Apostólica Romana


A Igreja Católica "considera iguais em direito e dignidade todos os ritos [litúrgicos] legitimamente reconhecidos e quer que no futuro se mantenham e sejam promovidos por todos os meios". Sendo assim, as principais "tradições litúrgicas ou ritos, actualmente em uso na Igreja, são: o rito latino (principalmente o rito romano, mas também os ritos de certas igrejas locais, como o rito ambrosiano ou o de certas ordens religiosas)" e os ritos orientais ("os ritos bizantino, alexandrino ou copta, siríaco, arménio, maronita e caldeu").

Aqui estão as Igrejas orientais católicas sui juris, as suas respectivas tradições litúrgicas orientais e a sua respectiva data (ou suposta data) de fundação (ou seja, de comunhão com a Santa Sé). 

RITO OCIDENTAL (Latino ou Romano)

1.    Igreja Católica Apostólica Romana (Patriarcado de Roma)

RITOS ORIENTAIS

Igrejas unidas plenamente ao Patriarcado de Roma

Tradição Alexandrina (copta)

Rito Alexandrino

2. Igreja Copta Católica (Patriarcado de Alexandria)
3. Igreja Etíope Católica (atualmente na diáspora)

Tradição Antioquena

Rito Siro-maronita

4. Igreja Maronita (Patriarcado de Antioquia)

Rito Aramaico ou siríaco-antioqueno

5. Igreja Síria Católica (Patriarcado de Antioquia)
6. Igreja Siro-Malancar Católica

Tradição Constantinopolitana e Bizantina

Rito Greco-bizantino

7. Igreja Greco-Melquita Católica (Patriarcado de Antioquia, Alexandria e Jerusalém)
8. Igreja Grega Católica em Constantinopla (Patriarcado de Constantinopla)
9. Igreja Ítalo-Albanesa Católica

Rito Ucraniano ou bizantino-eslavo

10. Igreja Ucrâniana Católica

Rito Bizantino-eslavo

11. Igreja Búlgara Católica
12. Igreja Eslovaca Católica
13. Igreja Húngara Católica
14. Igreja Iugoslava Católica
15. Igreja Romena Católica
16. Igreja Rutena Católica

Rito Bizantino-russo-eslavo

17. Igreja (Comunidade) Bielo-russa Católica (atualmente na diáspora)
18. Igreja (Comunidade) Russa Católica

Rito Bizantino

19. Igreja (Comunidade) Albanesa Católica

Tradição Armênia

Rito Armênio

20. Igreja Armênia Católica (Patriarcado)

Tradição Caldéia ou sírio-oriental (siríaco-antioqueno)

Rito Caldeu ou sírio oriental

21. Igreja Caldeana Católica (Patriarcado)
22. Igreja Siríaca Malabar Católica

Igrejas orientais ortodoxas e não-ortodoxas

As Igrejas ortodoxas são todas aquelas que aceitam os ensinamentos e decisões dos sete primeiros concílios ecumênicos. A grande maioria delas estão em comunhão umas com as outras e com o Patriarca Ecumênico de Constantinopla. De entre os cristãos de rito oriental, os ortodoxos são os mais numerosos. A Igreja Ortodoxa separou-se oficialmente da Igreja Católica em 1054, num acontecimento chamado de "Grande Cisma do Oriente".

As Igrejas não-calcedonianas são aquelas que só aceitam os ensinamentos dos três primeiros concílios ecumênicos (Niceia, Constantinopla e Éfeso). Elas separaram-se das Igrejas Católica e Ortodoxa porque elas recusaram-se a aceitar a doutrina das "duas naturezas de Cristo", decretada pelo Concílio de Calcedônia (451) e aceitas pelos católicos e ortodoxos. Em alternativa, estas Igrejas defendem que em Jesus Cristo há a natureza humana e a natureza divina, mas que estas duas naturezas se unem natural e completamente para formar uma única e unificada Natureza de Cristo.

Para além dos ortodoxos e dos não-calcedonianos, existe também outro grupo de cristãos orientais: a Igreja Assíria do Oriente, que aceita somente os ensinamentos dos dois primeiros concílios ecumênicos (Niceia I e Constantinopla I). Esta Igreja oriental destaca-se por defender o nestorianismo, que surgiu no século V e que ensina que em Jesus Cristo há duas pessoas distintas, uma humana (Jesus) e outra divina (Cristo), completas de tal forma que constituem dois entes independentes vivendo no mesmo corpo.

Igrejas não unidas plenamente ao Patriarcado de Roma: Igrejas Ortodoxas

Rito Bizantino

Gregos ou helênicos

- Patriarcado (Ecumênico) Ortodoxo de Constantinopla

1. Igreja Ortodoxa da Grécia
2. Igreja Ortodoxa de Chipre

Greco-melquitas (cristãos árabes)

- Patriarcado de Alexandria - Ortodoxo
- Patriarcado de Antioquia - Ortodoxo
- Patriarcado de Jerusalém - Ortodoxo

3.    Igreja de Monte Sinai (ou Patriarcado do Monte Sinai)

Eslavos e outros

- Diocese Albanesa Ortodoxa da América

4. Igreja Americana, Grega-Católica, Ortodoxa Cárpato-Russa
5. Igreja da Macedônia (ou Macedoniana) Ortodoxa
6. Igreja Ortodoxa Autocéfala Ucraniana
7. Igreja Ortodoxa da Albânia
8. Igreja Ortodoxa da América - Russa
9. Igreja Ortodoxa da Bulgária (Patriarcado da Bulgária)
10. Igreja Ortodoxa da China
11. Igreja Ortodoxa da Estônia
12. Igreja Ortodoxa da Finlândia
13. Igreja Ortodoxa da Geórgia (Patriarcado da Geórgia)
14. Igreja Ortodoxa da Letônia
15. Igreja Ortodoxa da Romênia (Patriarcado da Romênia)
16. Igreja Ortodoxa da Sérvia (Patriarcado da Sérvia)
17. Igreja Ortodoxa das Repúblicas Tcheca e Eslováquia
18. Igreja Ortodoxa do Japão
19. Igreja Ortodoxa Húngara
20. Igreja Ortodoxa na Polônia
21. Igreja Russa Ortodoxa (Patriarcado de Moscou)
22. Igreja Russa Ortodoxa na Europa Ocidental
23. Igreja Russa Ortodoxa no Exílio
24. Igreja Ucraniana Ortodoxa (Patriarcado de Moscou)
25. Igreja Ucraniana Ortodoxa dos Estados Unidos, Canadá e Europa

Rito Armênio (monofisitas)

26. Igreja Armênia Ortodoxa (Catholicossato de Sis - Cilícia)
27. Igreja Armênia Ortodoxa (Patriarcado de Constantinopla)
28. Igreja Armênia Ortodoxa (Patriarcado de Etchmiadzin)
29. Igreja Armênia Ortodoxa (Patriarcado de Jerusalém)

Rito Antioqueno

30. Igreja do Sul da Índia
31.  Igreja Siríaca Malabar Independente de Thozhiyoor - Índia (monofisitas)
32. Igreja Siríaca Malankar Ortodoxa (Igreja Siríaca Ortodoxa Jacobita Malankar) (monofisitas)
33. Igreja Siríaca Mar Tomé de Malabar - Índia (monofisitas)
34. Igreja Siríaca Ortodoxa - Jacobita (monofisitas)

Rito Caldeu (nestorianos)

35. Antiga Igreja Católica e Apostólica (Ortodoxa)
36. Igreja Assiríaca do Oriente

Rito Alexandrino

37. Igreja Copta Ortodoxa (monofisitas)
38. Igreja Ortodoxa Etíope (monofisitas)

Nota: Alguns consideram os poucos católicos bizantinos georgianos como uma igreja sui iuris[1] de rito bizantino. Mas, como a Santa Sé não reconheceu-a, ela não é uma Igreja sui juris, mas sim uma simples Igreja particular.

Por tradição, a grande maioria dos fiéis destas Igrejas orientais utilizam, como o nome indica, os ritos litúrgicos orientais. Mas, devido à disseminação e posterior presença destas Igrejas no Ocidente (onde a Igreja Católica Latina e os protestantes são dominantes), elas passaram a autorizar, a título excepcional, a celebração de ritos latinos e ocidentais pelas suas comunidades ocidentais. O exemplo disso é a Igreja Ortodoxa na América, onde os ritos litúrgicos orientais e ocidentais são celebrados em harmonia.

De acordo com a publicação Estudos da CNBB nº 21, Guia Ecumênico, Edições Paulinas, do Comunicado Mensal da CNBB nº 351 (pp. 997 ss.), nº 357 (pp. 539/541) e de relação fornecida pela Igreja Católica Apostólica Ortodoxa Antioquina do Brasil (São Paulo), "eis uma lista incompleta dos grupos que podemos considerar incluídos no conceito geral de 'Igrejas Brasileiras'. Alguns deles afirmam relacionar-se com os vétero-católicos, através da Igreja Nacional Polonesa de América, coisa que é negada por esta. O mesmo se pode dizer das auto-intituladas 'Igrejas Ortodoxas' destes grupos: nenhuma delas é reconhecida como tal pelas Igrejas Ortodoxas históricas". Também, na referida Relação, [com algumas denominações acrescentadas pelo iCatólica] a Igreja Católica Apostólica Ortodoxa Antioquina do Brasil indica como: 


Igrejas falsas, das quais não se reconhece a validade dos sacramentos ou qualquer cerimônia [2]:


Congregação (ou Sociedade) Missionária de São Marcos Evangelista
Congregação de São José
Congregação dos Missionários de Cristo Sacerdote Eterno
Congregação dos Missionários de Jesus
Congregação dos Missionários de Jesus Peregrino
Igreja Católica Apostólica Independente do Rio de Janeiro
Igreja Católica Apostólica Ortodoxa - Patriarcado do Brasil
Igreja Católica Apostólica Ortodoxa Americana
Igreja Católica Apostólica Ortodoxa Ocidental
Igreja Católica Apostólica Ortodoxa Unida - Eparquia Mundial
Igreja Católica Ortodoxa Hispânica
Igreja Católica Apostólica Brasileira (ICAB)
Igreja Católica Apostólica Carismática
Igreja Católica Apostólica da Redenção
Igreja Católica Apostólica Antiga
Igreja Anglicana Missionária do Redentor
Igreja Apostólica Episcopal
Igreja Católica – Padres Clementinos 
Igreja Católica Apostólica Cristã
Igreja Católica Apostólica de Jerusalém
Igreja Católica Apostólica Ecumênica Contemporânea
Igreja Católica Apostólica Livre do Brasil
Igreja Católica Apostólica Missionária de Evangelização
Igreja Católica Apostólica Nacional
Igreja Católica Apostólica Nordestina
Igreja Católica Apostólica Tributária
Igreja Católica Carismática
Igreja Católica da Primeira Ordem
Igreja Católica Ecumênica
Igreja Católica Ecumênica do Brasil
Igreja Católica Ecumênica Renovada
Igreja Católica e Apostólica Reunida no Brasil
Igreja Episcopal Latina do Brasil
Igreja Católica Apostólica Antiga
Santa Igreja Velha Católica
Igreja Católica Apostólica Renovada 
Igreja Católica Ortodoxa Grega do Antigo Calendário (ou Igreja Grega Ortodoxa Adepta do Antigo Calendário - Old Calendar)
Igreja dos Velhos Católicos (ou Velhos Crentes - Raskotnik)
Igreja Ortodoxa Bielo-Russa na Diáspora
Igreja Ortodoxa Católica Apostólica Militante 
Ordem de Santo André
Ordem dos Missionários Mensageiros do Verbo Divino
Ordem dos Santos Padres Católicos Apostólicos Ortodoxos
Rede Nacional de Missões Católicas (Paróquia Bom Jesus dos Milagres)
Sociedade Católica Romana do Papa Leão XIII (Associação Católica Romana Papa Leão XIII - OSMA)


ALGUNS TERMOS USADOS NO TEXTO PARA ESCLARECIMENTO

Patriarcado de Roma: Chefe espiritual: o Papa (bispo de Roma, Vigário de Jesus Cristo, Sucessor do Príncipe dos Apóstolos, Sumo Pontífice da Igreja Universal, Patriarca do Ocidente, Primaz da Itália, Arcebispo e Metropolita da Província Romana, Chefe de Estado da Cidade do Vaticano, Servo dos Servos de Deus).

Tradição e Rito: A divisão em Tradição e Rito está de acordo com o Annuario Pontificio (págs. 1787/1790), Libreria Editrice Vaticana, Cittá del Vaticano, 1996.

Ortodoxia: é o conjunto das Igrejas autocéfalas, de rito bizantino-eslavo, em oposição tanto aos católicos (latinos ou orientais) quanto aos pré-calcedonianos (Estudos da CNBB nº 21 - Guia Ecumênico).

Igrejas Autocéfalas: São igrejas independentes, não colocadas sob jurisdição de uma Igreja-mãe ou Patriarcado. São autônomas para o exercício da própria autoridade e escolha de seus chefes. São aptas para eleger seu próprio primaz (patriarca ou arcebispo). Se governam autonomamente. São detentoras de completa independência administrativa e de grande autonomia doutrinal.

Igrejas Autônomas: São colocadas sob a jurisdição de uma Igreja-mãe, de um Patriarcado.

Os Malankares, chamados também de 'Cristãos de São Tomé', sinônimos de Malabar, estão na região situada à costa ocidental do sul da Índia, que forma atualmente o Estado do Kerala. A história dos Malankares é a mesma que a dos Malabares (rito caldeu). O nome Malankar foi adotado pelos fiéis do rito siríaco-ocidental antioqueno católico para diferenciar dos fiéis de rito siríaco-oriental ou caldeu (Malabar).

Nestorianos: Doutrina cristológica ligada à Nestório, monge de Antioquia, do século V, que distinguia em Cristo as duas naturezas divina e humana, sem deificação da humanidade, apenas unidas na vontade. A teoria redundava na negação da maternidade divina de Maria. Foi condenada em 431 pelo Concílio de Éfeso.


Monofisitas: Doutrina teológica, surgida em Alexandria, no século V, que defendia a existência em Cristo, não só de uma única pessoa, como até de uma única natureza, resultante da fusão da divina e da humana. Foi contestada pelo Concílio Ecumênico de Calcedônia em 451, que dividiu a Igreja de Antioquia.



[1] As Igrejas particulares sui iuris são todas as igrejas particulares autônomas que estão em comunhão completa com o Papa, o Sumo Pontífice da Igreja Católica.
[2] A lista consta de denominações que por vezes afirmam estar em comunhão com a Igreja Católica Romana ou que possuem ritos e semelhanças muito próximas da Igreja Católica Romana.
______________________________________
Apologética Católica
Wikipédia