Adsense Teste

sexta-feira, 31 de julho de 2015

Começa o Ano da Reconciliação na África


O Ano da Reconciliação na África começou na quarta-feira com uma solene celebração eucarística em Acra (Gana), convocada pela Simpósio das Conferências Episcopais da África e Madagascar (SECAM). O tema para este evento é "Uma África reconciliada para a coexistência pacífica". O ano terminará em 29 de julho de 2016 durante a XVII Assembleia Plenária em Angola.

O SECAM foi instituído pelo Beato Paulo VI, em 1969, durante uma visita pastoral a Uganda. É composto de 37 conferências episcopais nacionais e 8 conferências regionais africanas.

A convocação para este Ano da Reconciliação responde ao convite feito em 2011 pelo Papa Emérito Bento XVI ao Episcopado Africano em sua exortação apostólica pós-sinodal 'Africae Munus' para promover um ‘Ano da Reconciliação com alcance continental, para pedir a Deus um perdão especial por todos os males e ofensas que os seres humanos infligiram na África uns aos outros, e pela reconciliação das pessoas e grupos que foram feridos na Igreja e na sociedade, relatou o Vatican Information Service. 

Seria, escreveu o Papa nesse documento, um ''Ano Jubilar especial durante o qual a Igreja na África e nas ilhas vizinhas dão graças com a Igreja e rezam para receber os dons do Espírito Santo, especialmente o dom da reconciliação, da justiça e da paz''.

A exortação, assinada por Bento XVI em 19 de novembro de 2011, em Cotonou (Benin), durante sua visita apostólica a esse país, selou a Segunda Assembleia Especial para a África do Sínodo dos Bispos, realizada em 2009 no Vaticano cujo tema foi precisamente ''A Igreja na África ao serviço da reconciliação, da justiça e da paz''.

Assim, o arcebispo de Accra, Charles Palmer Buckle, em nome do presidente do SECAM, o angolano Dom Gabriel Mbilingi CSSP, enviou uma carta a todas as conferências episcopais africanas convidando-as a organizar durante este ano "programas e iniciativas sobre a reconciliação em colaboração com as respectivas comissões de Justiça e Paz em seus países". Ele também exortou os bispos do continente a realizarem em suas dioceses, em um domingo a escolher", uma coleta especial para a segunda jornada do SECAM, que foi criada há dois anos durante a décima sexta assembleia daquele órgão, para financiar projetos de evangelização, de promoção da justiça e da paz, e dos meios de comunicação católicos". 
_________________________________

ZENIT